Bolsonaro cogita cancelar viagem pessoal à Itália por causa de surto do coronavírus

314
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL - De acordo com o Ministério da Justiça, o fato está sendo tratado como uma questão de segurança nacional e o Presidente Bolsonaro foi imediatamente comunicado.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (27/02), que pode cancelar a visita prevista à Itália por causa dos casos de coronavírus no país. A viagem pessoal, para conhecer antepassados italianos, estava prevista para acontecer entre abril e maio e seria logo depois de visita oficial à Polônia e à Hungria. Os avós do Presidente vieram para o Brasil da região de Lucca, na Toscana.

Por enquanto, confirmada mesmo está a viagem do Presidente para o Uruguai, para a posse de presidente Luis Lacalle Pou. Será neste domingo, 1° de março.

“O coronavírus é mais uma realidade ruim que vamos ter que enfrentar”, disse Bolsonaro. “Já estamos enfrentando, fazendo o possível”, disse. O Presidente disse ainda que “infelizmente, mais cedo ou mais tarde” a doença chegaria no Brasil.

Bolsonaro comentou ainda que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, destinou mais de US$ 1 bilhão para combater a doença no país.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: R7

COMENTE ESTA NOTÍCIA!