Filho de Mussum diz que guardou segredo sobre paternidade por dez anos

657

A comprovação de que o dentista Igor Palhano, 28 anos, é o quinto filho do humorista Mussum, nome artístico de  Antônio Carlos Bernardes Gomes (1941-1994), pegou o público de surpresa. O jovem fez teste de DNA, divulgado no dia 17 deste mês, mas diz que já sabia da paternidade havia dez anos.

A demora em fazer o exame, diz ele, foi para não magoar seu padrasto, Alcir. Ele afirma que contratou um escritório para cuidar dos seus direitos de herança, mas que “existem coisas acima disso”. “Não quero pensar muito nessa coisa de herança nem entrar em conflito com a família. Se tiver algo para receber, tudo bem, mas vou tratar disso tudo de forma bem reservada. Não acho justo eu chegar agora e fazer uma bagunça com esse assunto”.

‘DESCONFIANÇA DE QUE MEU PAI ERA OUTRA PESSOA’

Palhano estava no colégio, numa aula de Biologia, quando teve o primeiro insight de que Alcir não era seu pai biológico. “Estava aprendendo sobre cruzamento de cromossomos. Aplicando essas regras na minha família, percebi que tinha algo errado. Cresci com a desconfiança de que o meu pai era outra pessoa. Mas isso não me atormentava. Não comentava nada dentro de casa, para não gerar problema. Fui empurrando com a barriga”, conta.

Foi em 2009, após uma discussão com a mãe, Denildes, que a verdade veio à tona. “Ela aproveitou essa deixa para me contar. Eu tinha 18 anos e era a época de ‘Os Trapalhões’. Eu era muito fã de Mussum. Todo mundo na escola duvidava disso quando eu contava. Eu mesmo ficava com receio”, rememora.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: FOLHAPRESS

COMENTE ESTA NOTÍCIA!