NOTA DE REPÚDIO – Líder do Prefeito, vereador Amaro faz afirmação maldosa, irresponsável e injusta sobre o CENSURA ZERO na Câmara de São Mateus

640

A Direção do CENSURA ZERO repudia, com veemência, e qualifica como maldosa, irresponsável e injusta a afirmação feita pelo Vereador Francisco Amaro, Líder do Prefeito na Câmara de São Mateus, durante a sessão ordinária desta terça-feira (5/11) ao se referir à atuação jornalística do portal na cobertura do Legislativo Municipal.

Durante a participação da Diretora do Hospital Roberto Arnizaut Silvares na sessão, o Vereador Amaro foi confrontado sobre acusações que fez, na reunião das comissões da Câmara Municipal em 29 de outubro contra um deputado estadual, o HRAS e alguns funcionários, cuja matéria foi publicada pelo CENSURA ZERO.

Desequilibrado emocionalmente, Amaro desviou-se do debate no parlamento para tentar comandar procedimentos editorais do Veículo de Comunicação, citando nominalmente o Jornalista André Oliveira (Diretor de Jornalismo e Conteúdo), que trabalhava na sessão acompanhado do Publicitário Eduardo Ferreira (Diretor de Produção e Comercial), afirmando, de forma leviana, critérios ilícitos na edição e na publicação de matérias jornalísticas pelo CENSURA ZERO [veja].

Após a sessão, questionado pelos Diretores André Oliveira e Eduardo Ferreira sobre quando ele e outros parlamentares que apoiam o Prefeito haviam pago por entrevistas que já concederam e foram publicadas pelo CENSURA ZERO, o Vereador desconversou e, mesmo reconhecendo o profissionalismo do Veículo de Comunicação, insistiu nas insinuações caluniosas.

Desinformado, o Líder do Prefeito tentou vincular a identificação da Câmara Municipal de São Mateus para a divulgação publicitária à obrigatoriedade de produção de reportagens com todos os parlamentares, quando esta é uma prerrogativa do Setor de Jornalismo do Veículo de Comunicação, e o Legislativo tem sua própria Secretaria de Comunicação Social e cada parlamentar tem assessores que podem atuar na área.

Soma-se a isto o fato de o CENSURA ZERO ser, em geral, o primeiro Veículo de Comunicação a chegar e o último a deixar as dependências da Câmara Municipal, na cobertura das sessões com produções profissionais em vídeo, por entender e valorizar o trabalho dos Vereadores, reconhecendo a sua importância para a Comunidade de São Mateus e região. Além disso, é o único Veículo de Comunicação de São Mateus que tem em sua linha editorial a conscientização e o combate a fake news (notícias falsas) e desinformação, uma praga virtual instalada em São Mateus de forma institucionalizada!

De forma decepcionante, causa estranheza o comportamento de Francisco Amaro, que sempre recebeu da Equipe do CENSURA ZERO tratamento cordial inerente a uma autoridade constituída e, ao assumir a Liderança do Prefeito, adota postura muito diferente da que exerceu no primeiro mandato, quando chegou a ocupar a Vice-Presidência da Câmara Municipal.

Assim como o poder é efêmero, acreditemos que o destempero do nobre Vereador seja um rompante diante da instabilidade político-administrativa porque passa o Município de São Mateus! Certamente, o tempo vai se encarregar de revelar os verdadeiros motivos!

ANDRÉ OLIVEIRA – Diretor de Jornalismo e Conteúdo

EDUARDO FERREIRA – Diretor de Produção e Comercial

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!