Alcachofra: Tudo o que precisa saber sobre o legume que emagrece

102

A alcachofra é rica em ácido fólico, também chamado de vitamina B9, substância necessária para a boa formação de glóbulos vermelhos no sangue, como explica a publicação Ativo Saúde. Além disso, trata-se especialmente de um ótimo alimento para as grávidas comerem diariamente, já que favorece o bom desenvolvimento do feto durante a gestação.

A alcachofra é um legume de origem Mediterrânea, de nome científico Cynara scolymus e pode ser aliada da saúde pelos seus inúmeros benefícios, mas também pode ser usada como ingrediente da medicina natural.

LISTA DE PROPRIEDADES NUTRICIONAIS

A alcachofra está repleta de propriedades benéficas para o organismo, 100 gramas contêm:

– 85 g de água;

– 47 calorias;

– 3.27 g de proteína;

– 10.51 g de hidratos de carbono;

– 5.4 g de fibras;

– 0.99 g de açúcar;

– 44 mg de cálcio;

– 1.28 mg de ferro;

– 60 mg de magnésio;

– 90 mg de fósforo;

– 370 mg de potássio;

– 94 mg de sódio;

– 0.49 mg de zinco;

– 11.7 mg de vitamina C;

– 1.046 mg de niacina;

– 68 mg de ácido fólico;

– 13 mg de vitamina A;

– 14.8 mg de vitamina K.

Para que serve a alcachofra?

Saúde óssea

A vitamina K é uma substância extremamente importante, já que ajuda na manutenção da saúde óssea e na ótima qualidade da coagulação sanguínea.

Combate envelhecimento e câncer

A vitamina C faz deste legume uma excelente fonte de antioxidantes, responsáveis por prevenir a ação dos radicais livres – moléculas nocivas capazes de danificar células saudáveis – que provocam o envelhecimento precoce e inclusive o desenvolvimento de doenças, como o câncer. 

Melhoria no funcionamento do intestino

Uma alcachofra média contém quase seis gramas de fibra alimentar, correspondente a cerca de 30% da ingestão diária de referência, contribuindo assim para a saúde intestinal.

Fígado saudável

O vegetal possui cinarina, ácido que pode auxiliar na saúde e funcionamento saudável do fígado.

Emagrece?

A alcachofra pode ser uma boa opção para dietas com restrição de calorias, já que uma unidade média contém apenas 60 calorias e 4 gramas de proteína.

Porém, vale lembrar que nenhum alimento emagrece por si só e, portanto, a perda de peso só ocorre se associada à alimentação saudável e à prática de atividade física. 

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: NOTÍCIAS AO MINUTO

COMENTE ESTA NOTÍCIA!