ALIADO DE DANIEL – Vereador xinga e debocha de mãe de 6 filhos que recebeu alimentos estragados em cesta básica da Prefeitura de São Mateus

-

O vereador Antônio Luiz Cardoso, o Temperinho, xingou e debochou da moradora que recebeu uma cesta básica com produtos vencidos e cheios de bicho da Prefeitura de São Mateus, como auxílio no período de calamidade pública por conta da pandemia do coronavírus. O fato e a opinião do vereador, que, ironicamente, é membro da Comissão de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, foram os assuntos mais comentados na Cidade nesta quinta-feira (2/04), especialmente nas redes sociais.

Conforme o CENSURA ZERO noticiou, a ocorrência foi registrada com uma moradora da periferia. Maria da Penha Souza, do Bairro Cohab 2, cadastrou-se para receber a cesta básica distribuída pelo poder público, porque tem seis filhos e o marido está desempregado.

Mas, entre os alimentos que ela recebeu da equipe da gestão do prefeito Daniel Santana, havia pacotes de macarrão e de biscoito estragados, com bichos à mostra. A situação foi compartilhada com a vizinha Lorrayne Leandro, que, revoltada, tornou público o fato postando vídeos no Facebook e chamando a atenção para o descaso.

O post viralizou, alcançando grande repercussão no Facebook e em grupos de WhatsApp. Aliado do prefeito Daniel, o vereador Temperinho logo se incumbiu de informar o caso à secretária municipal de Assistência Social, Marinalva Broedel. Mas, na conversa pelo WhatsApp, o parlamentar xingou e debochou de Maria da Penha e da situação vivenciada pela moradora.

“Secretária, olha bem como é que é o povo, né, Marinalva! A situação em que se encontra… A mulher botou aí, mandei até pra senhora aí… Ela dizendo que a senhora tá mandando comida estragada. Um pacotinho de biscoito… Oh, Marinalva, eu já passei tanta fome nessa vida! Aquilo ali eu tirava e comia. Cê entendeu? Mas porque tá ganhando, a Prefeitura. Esse pessoal fazem (sic) isso. Por isso que muitas vezes tem que deixa essas desgraça (sic) passar fome mermo! Eu tô vendo a preocupação não só da senhora, mas do Prefeito também, para botar comida na mesa desse povo. Tá vendo como é que é (sic) as coisas. Muitas vezes, toda a mercadoria tá boa, mas ela achou aquele pacote de biscoito, com aquele gorgulhozinho, aí ela tem que ir pra mídia fazer isso! A senhora entendeu? Pra senhora vê o tipo de povo que é essa desgraça!”, afirmou o vereador, no trecho da conversa com a secretária de Assistência Social, que também viralizou nas redes sociais.

OUÇA O ÁUDIO DO VEREADOR TEMPERINHO:

Temperinho não fez referência ao outro vídeo, com cenas ainda mais fortes, que mostra o pacote de macarrão estragado, com mofo e larvas entre as tiras do produto da cesta básica.

VEREADOR TEM REDUTO NA PERIFERIA

O que causa estranheza é que o vereador Temperinho é morador e tem como reduto eleitoral uma das áreas mais carentes da periferia da Cidade, composta pelos bairros Porto, Beira Rio, Avenida Cricaré, Santa Inês, Cacique e 1 e 2, e Santa Teresa (Ponte). Nesses locais, a maioria das famílias é inscrita no Bolsa Família e tem necessidade do atendimento com cestas básicas.

Eleito pelo PRTB, Temperinho tem 54 anos e foi eleito com 1.091 votos em 2016, sendo o 7º mais votado de São Mateus. Ele é o atual vice-presidente da Comissão, Orçamento e Fiscalização; e membro da Comissão de Constituição, Justiça, Direitos Humanos, Cidadania e Redação.

O OUTRO LADO

Até a publicação desta reportagem, a 0h35 desta sexta-feira (3/04), o vereador Antônio Luiz Cardoso ainda não havia pedido desculpas à família da moradora Maria da Penha Souza pelas palavras de xingamento e deboche, em face da repercussão pública negativa da conversa com a secretária Marinalva Broedel.

A Prefeitura de São Mateus e a Secretaria Municipal de Assistência Social não divulgaram nenhum comunicado público sobre a ocorrência, apesar da grande repercussão na Cidade.

Em contrapartida, criminosos ligados ao prefeito Daniel Santana que atuam com páginas criadoras e produtoras de fake news tentaram intimidar o jornalista André Oliveira, Diretor de Jornalismo e Conteúdo do CENSURA ZERO, divulgando em grupos de WhatsApp montagens caluniosas com citações da empresa Visão Atalaia Editora, Comunicação e Marketing e da Câmara de São Mateus.

Os perfis fakes de WhatsApp utilizados são ligados ao sistema criminoso de Comunicação Social implantado na Prefeitura de São Mateus e que já foram denunciadas à Polícia Civil, ao Ministério Público e ao Judiciário.

VEJA TAMBÉM:

REVOLTA EM SÃO MATEUS – Macarrão e biscoitos com bichos em cesta básica entregue na periferia pela gestão Daniel: ‘Eu sou filha de Deus, gente!’; veja os vídeos!

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

spot_imgspot_img
spot_img

OUTROS DESTAQUES:

Open chat
Olá, seja bem-vindo(a) ao portal CENSURA ZERO!
-Faça seu cadastro para receber Boletins Informativos em Transmissão pelo WhatsApp e autorizar o envio de notícias!
-É simples, rápido e seguro, nos termos da nossa Política de Privacidade, disponível no site.
-Deixe seu NOME COMPLETO e a CIDADE onde mora!
Obrigado e volte sempre!