ASSASSINATO DE KAREN – Em carta aos Mateenses, S.O.S. Mulheres cobra segurança e assistência social: ‘Vamos dar um basta’

4597

A organização não-governamental (Ong) S.O.S. Mulheres, com sede em São Mateus, divulgou uma Carta Aberta à Sociedade Mateense relacionada ao assassinato da adolescente Karen Santos Arruda, de 15 anos, registrado nessa segunda-feira (10/03), no Centro da Cidade. O suspeito é um morador de rua que já está preso.

A mãe de Karen, Néia dos Santos é integrante da ong e, segundo Preta, a própria adolescente costumava participar das atividades.

Com o título “Vamos dar um basta! Para que São Mateus pare de chorar”, a mensagem é assinada pela coordenadora do S.O.S. Mulheres, Elisângela Nascimento, a Preta, e faz questionamentos à Sociedade Mateense e cobranças ao poder público quanto à “falta de estrutura de segurança e falta de políticas públicas de assistência social” em São Mateus.

Confira, na íntegra, a Carta Aberta da ong S.O.S. Mulheres – São Mateus-ES:

CARTA ABERTA À SOCIEDADE DE SÃO MATEUS

VAMOS DAR UM BASTA! PARA QUE SÃO MATEUS PARE DE CHORAR!

A ong S.O.S. Mulheres de São Mateus-ES vem a público prestar condolências à família da adolescente Karen Santos Arruda, que teve a sua vida ceifada de forma estúpida com apenas 15 anos de vida.

Em nome de todas as integrantes do grupo, quero me solidarizar com a nossa companheira de luta e amiga Néia Santos, que enfrenta o doloroso momento de ver partir precocemente o fruto de seu ventre.

Somente quem é mulher e mãe pode mensurar a dor de ter que sepultar a sua filha, quando o curso da vida criado por Deus indica o contrário!

Junto com o nosso grito de dor, abraçadas à amiga Néia, e as lágrimas da saudade pela perda da querida Karen, há em todas as integrantes do S.O.S. Mulheres o sentimento de indignação e revolta com o descaso do poder público em São Mateus.

Até quando veremos famílias sofrerem a perda de entes queridos por falta de estrutura de segurança e falta de políticas públicas de assistência social em nossa Cidade?!

Até quando derramaremos lágrimas por não ver atendidos os nossos pedidos por mais atenção às necessidades básicas dos cidadãos?!

Até quando suportaremos a insensibilidade de gestores que investem no que não é prioridade e se esquecem de assegurar o mínimo para o bem-estar do ser humano?!

Choramos a perda de uma adolescente cheia de vida, tirada de forma estúpida por um criminoso desalmado. Um fato que não pode mais ser evitado!

Mas lutaremos com todas as nossas forças para reivindicar segurança pública de qualidade para os cidadãos, para que o descaso não cause mais dor a outras mães e a outras famílias da nossa Cidade!

O nosso chamamento é à Sociedade: VAMOS DAR UM BASTA, PARA QUE SÃO MATEUS PARE DE CHORAR!

Elisângela Nascimento (Preta)
S.O.S. MULHERES – SÃO MATEUS/ES
10/MARÇO/2020

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!