Assassino de cabeleireira em 2015 agora é preso por tráfico de drogas em Vitória

736
PCES/DIVULGAÇÃO - Patrick (à esquerda) e os outros dois foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e receptação.

Três pessoas foram presas nesta sexta-feira (13/09), em Santo Antônio, Vitória, durante uma operação para combater o tráfico de drogas na região. Dos três presos, um deles – identificado como Patrick Christopher Duque, já havia sido condenado e cumpriu pena na prisão pelo assassinato da cabeleireira Carine Vieira Dutra Cunha, de 21 anos, em janeiro de 2015.

O crime contra a Carine aconteceu após a saída de um pagode no Bairro Santo Antônio. O corpo da vítima foi encontrado às margens da Rodovia Leste-Oeste, em um matagal do Bairro Vale Encantado, em Vila Velha, com sinais de espancamento e com as mãos amarradas. Na época do crime, testemunhas afirmaram que viram Carine saindo da festa na companhia do ex-namorado. 

ARQUIVO – Um dos homens presos nesta sexta-feira (13/09) cumpriu pena na prisão pelo assassinato da cabeleireira Carine Vieira Dutra Cunha, de 21 anos, em janeiro de 2015.

Segundo a Polícia, na época do crime, Patrick tinha 17 anos e, apreendido, cumpriu pena de ressocialização entre 2015 e 2017, recebendo liberdade. Depois disso, ele ainda foi detido por um outro crime, mas foi novamente liberado.

ARMAS E REMÉDIO CONTRA IMPOTÊNCIA SEXUAL

Nesta sexta-feira, além de Patrick, a polícia prendeu Anderson de Castro Rios e Kleber Souza do Nascimento. Na casa de um dos três indivíduos, a polícia apreendeu um revólver .38, roubado de uma empresa de segurança, uma pistola .40, vinte nove munições calibre 380 e cinco munições calibre .40, além de 30 comprimidos de citrato de sildenafila (remédio contra impotência sexual).

Também com o grupo, foi apreendido um carro com um compartimento secreto para esconder drogas e armas.

Os três foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e receptação. Eles foram encaminhados ao presídio.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: TRIBUNA ONLINE

COMENTE ESTA NOTÍCIA!