Assessores divulgam fotos do prefeito Daniel ‘perdido’ no aguaceiro de Guriri e internautas detonam: ‘gestão desarticulada’

3016

Assessores de comunicação do prefeito Daniel Santana, que atuam nas redes sociais, divulgaram fotos do Chefe do Executivo em meio ao aguaceiro que se formou em Guriri (São Mateus), com as chuvas dessa quinta-feira (2/01) e que voltaram a cair na noite desta sexta-feira (3/01), no norte capixaba e em outras regiões do Espírito Santo.

“Chuvas fortes em Guriri e o Prefeito foi flagrado em meio a chuva tentando amenizar os problemas dos vendedores ambulantes e comerciantes”, diz o texto compartilhando duas fotos que mostram Daniel trajado com camiseta, bermuda e chinelo.

Numa das fotos, ele aparece sozinho, ao lado de uma caminhonete branca e outra mostra o prefeito pendurado na carroceria de um caminhão de porte pequeno, que transportava canos (para usados na improvisação do escoamento da água represada).

‘TEXTO MARQUETEIRO’

O texto não é informativo ou de prestação de serviços. Tem cunho marqueteiro e tenta isentar a atual gestão municipal de culpa no problema crônico de alagamentos no centro de Guriri.

“Guriri à(sic) décadas sofre com problemas de infraestrutura e alagamentos, um problema que não se resolve com quatro anos. A diferença dessa Gestão,(sic) é que o Prefeito não se esconde, ele vai pra dentro do problema”, afirma a nota dos assessores de comunicação virtual.

Não foi informado sobre possíveis ações da Secretaria Municipal de Obras, Infraestrutura e Transportes ou da Secretaria de Defesa Social, ambas acumuladas pelo secretário Valter Pigati. O texto lançado em grupos de WhatsApp também não faz menção a possíveis ações da Defesa Civil, o que gerou comentários de que a “gestão está desarticulada”.

RECURSOS PARA DRENAGEM PLUVIAL

Internautas questionaram a utilidade da divulgação das fotos e do gesto do prefeito Daniel Santana, que não executou a aplicação de R$ 10 milhões alocados no Orçamento Municipal de 2019 para as obras de drenagem pluvial em Guriri e no Mercado Municipal.

O prefeito também não deu sequência às tratativas com o governador Renato Casagrande, que chegou a garantir que o Estado doaria o projeto arquitetônico da obra de drenagem pluvial de Guriri e ajudaria na execução das obras.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!