Botafogo derrota o Athletico, de virada, e conquista a segunda vitória consecutiva no Brasileirão

383

O Botafogo derrotou o Athletico Paranaense de virada por 2 a 1 na tarde deste domingo no Estádio Nilton Santos e conquistou a sua segunda vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro.

Thonny Anderson abriu o placar para o furacão, mas Luiz Fernando e Diego Souza viraram o jogo para o glorioso da estrela solitária. O goleiro Gatito Fernandez teve uma atuação destacada e garantiu a vitória do glorioso fazendo defesas milagrosas nos últimos momentos da partida.

O Athletico iniciou o primeiro tempo com um volume de jogo elevadíssimo. Só nos primeiros dez minutos, Gatito Fernandez teve que salvar o Botafogo três vezes. Aos 15, a pressão rubro-negra surtiu efeito no Nilton Santos. Thonny Anderson pegou rebote na entrada da área e abriu o placar no Rio de Janeiro.

Após o gol do time paranaense, o Botafogo acordou pro jogo e passou a criar algumas oportunidades. Com o controle do jogo, o alvinegro chegou ao seu gol de empate aos 30 minutos. O goleiro Caio saiu mal e acabou se chocando com o próprio companheiro de time. A bola sobrou para Luiz Fernando que concluiu com facilidade para empatar o jogo no Niltão.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o Botafogo se lançou ao ataque para buscar a vitória. Aos 13, Luiz Fernando foi lançado na esquerda e saiu de cara com o goleiro. Caio se redimiu da falha que gerou o primeiro gol do Botafogo na partida e fez uma ótima defesa. Aos 18, Joel Carli empurrou para o fundo das redes, mas o lance foi checado pelo V.A.R e anulado por conta de um toque no braço do zagueiro argentino.

Aos 27, Lucas Campos invadiu a área e foi derrubado por Pedro Henrique. Inicialmente, o árbitro mandou o jogo seguir, mas alertado pelo V.A.R, Douglas Marques das Flores foi rever o lance e acabou assinalando o pênalti para o glorioso.

Diego Souza bateu com categoria para virar o jogo pro Botafogo. Em um final de jogo eletrizante, Gatito Fernandez foi fundamental para a manutenção do resultado. O goleiro paraguaio salvou os chutes de Brian Romero aos 48 e de Pedrinho aos 49 minutos para garantir a vitória do Botafogo no Nilton Santos.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

PARCERIA: RÁDIO TUPI-RJ

COMENTE ESTA NOTÍCIA!