Briga entre marido e mulher quase acaba em morte em Jaguaré

421

Uma briga entre marido e mulher quase terminou em morte, na noite deste domingo (25/08), no Bairro de Fátima, em Jaguaré. O caso está registrado como violência doméstica, com base na Lei Maria da Penha.

Segundo a Polícia Militar, às 20h14, a mulher de 40 anos relatou que foi agredida pelo companheiro, de 48 anos, com quem convive há seis anos. Ela compareceu à sede da 4ª Companhia da PM, com os braços cheios de hematomas, afirmando que o casal havia discutido e o marido ficou aborrecido e começou a agredida com socos e mordidas.

O boletim de ocorrência destaca que, para se defender das agressões, a vítima pegou um revólver calibre .32 do marido e começou a ameaçá-lo de morte. Mas o homem conseguir tomar ar arma da mulher e tirou as munições, guardando-as no bolso da calça e, depois, escondeu o revólver.

Ainda segundo o depoimento da mulher, depois que a briga terminou, o marido tirou a roupa para tomar banho e ela pegou as munições intactas, dirigindo-se até a sede da Polícia Militar para denunciar as agressões.

Os militares foram até a residência do casal e encontraram o acusado, que não tem autorização para portar arma e entregou o revólver da marca Smith & Wesson calibre .32, sem munição. O caso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Jaguaré.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FOTO ILUSTRATIVA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!