Carlos Alberto e Jerri barram Amaro em tentativa de votar com urgência ‘projeto sobre crédito de R$ 520 mil para passarelas em Guriri’

699

Ainda repercute em São Mateus um dos assuntos abordados na sessão ordinária de terça-feira (17/09) na Câmara Municipal e que gerou embate entre os vereadores Francisco Amaro, Carlos Alberto Gomes Alves e Jerri Pereira. Houve a tentativa de aprovação de um projeto do Executivo, pedindo à Câmara Municipal autorização para abertura crédito adicional especial de R$ 520 mil para serem usados, segundo a proposta, nas obras da orla de Guriri.

Líder do prefeito Daniel Santana no Legislativo, Amaro apresentou requerimento para que o projeto tramitasse em regime de urgência, mas faltou parecer da Comissão de Finanças e Orçamento, presidida por Carlos Alberto. O vereador concedeu ao relator Jerri Pereira o prazo de 15 dias para emitir seu parecer.

Carlos Alberto explicou o motivo de ser contrário ao pedido de tramitação de urgência.

Confira no vídeo:

JERRI X AMARO

Jerri Pereira apresentou requerimento de cópias dos projetos de construção das passarelas e licenças ambientais das obras na orla de Guriri, tendo em vista a finalidade do uso do recursos. Mas o líder do Prefeito orientou voto contrário e a base aliada de Daniel rejeitou o requerimento por 6 votos a 4.

O vereador Amaro justificou o pedido de urgência para a tramitação do projeto à plateia presente e quem acompanhava a transmissão pelas redes sociais.

Confira o vídeo:

O Projeto de Lei 020/2019 do Poder Executivo deve voltar à pauta somente depois de receber o parecer do relator Jerri Pereira na Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de São Mateus. Ele explicou porque pediu prazo para analisar a proposta.

Veja no vídeo:

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | PRODUÇÃO E ENTREVISTA: ANDRÉ OLIVEIRA | IMAGENS E EDIÇÃO: EDUARDO FERREIRA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!