Com o apoio da torcida cruz-maltina, Vasco empata com o Athletico-PR: 1 a 1

407

Vasco e Athletico-PR se enfrentaram na tarde deste domingo (21/09), no Estádio São Januário, em partida válida pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo com o apoio de sua torcida, o Cruz-maltino não conseguiu vencer o atual campeão da Copa do Brasil, e a partida terminou empatada em 1 a 1. Os gols foram marcados por Madson, e Danilo Barcelos.

Após vencer a Chapecoense fora de casa, na rodada passada por 2 a 1, o Vasco recebeu na tarde deste domingo o atual campeão da Copa do Brasil, o Athletico-PR, que diferente do Cruz-maltino, vinha de derrota para o Avaí, jogando na Arena da Baixada por 1 a 0. Em um primeiro tempo pouco movimentado, as duas equipes procuravam sempre o gol, porém esbarravam na dificuldade de criação.

A primeira e única chance perigosa do jogo foi com Oswaldo Henríquez. Aos 13 minutos da primeira etapa, Danilo Barcelos cobrou escanteio pela esquerda, o zagueiro Cruz-maltino subiu mais que todos e cabeceou a bola, que passou raspando à trave esquerda de Santos! O primeiro tempo terminou com os visitantes dominando a posse de bola (Vasco 43% x 57% Athletico).

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou a todo vapor, e quem abriu o placar foram os visitantes, com Madson, aos 3 minutos. Em lance de bola parada, Abner Vinicius cruzou para Madson na área, e o lateral cabeceou na saída do goleiro Fernando Miguel. Com o gol, o Vasco foi obrigado a sair mais para o ataque, deixando espaços na defesa.

Aos 11 minutos, Rony aproveitou a rebatida da defesa do Vasco, finalizou de primeira com a perna direita e a bola passou perto da trave de Fernando Miguel. Mesmo perdendo, a torcida do Vasco, que lotou o estádio, apoiava o time com frequência. Com o empurrão da torcida, o Cruz-maltino saiu para o ataque aos 18 minutos, e na cobrança de falta de Danilo Barcelos, a bola bateu na mão de Rony.

CONSULTAS AO VAR

O árbitro da partida, Anderson Daronco, consultou o VAR e marcou pênalti para o Vasco. Na cobrança, o próprio Danilo cobrou e empatou a partida. O lateral chutou de canhota, no lado direito de Santos, que chegou a tocar na bola, mas não deu para o goleiro do Athletico. A torcida inflamou o estádio, e o time da casa sentiu o apoio.

Já no fim da etapa, após confusão na área do Furacão, o volante Raul chutou e fez o segundo gol, que seria o da virada, porém o gol foi anulado com o auxilio do VAR. Danilo Barcelos fez falta no goleiro Santos depois de pisar no rosto do arqueiro. Após o lance, o Vasco tentou, mas não conseguiu e saiu com apenas um ponto somado.

Com o empate, o Vasco vai a 24 pontos e se mantém na 12ª posição.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: RÁDIO TUPI

COMENTE ESTA NOTÍCIA!