Criança de 3 anos morre após ser jogada de janela pelo padrasto

388

O menino Enzo Almeida Pelegrini, de 3 anos, morreu após ser arremessado pela janela pelo padrasto de um prédio na Zona Norte do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (17/12). A criança chegou a ser socorrido e levado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu.

Segundo o jornal ‘Extra’, Camila Cerqueira, mãe de Enzo, contou na delegacia que mantinha um relacionamento com Luiz Eduardo Lopo, de 38 anos, há oito meses e que já suspeitava que ele sofresse de problemas psiquiátricos, embora não fizesse nenhum tipo de tratamento.

Camila disse que momentos antes de jogar a criança, o seu parceiro teve um surto, atirou o menino pela janela e depois se jogou. Luiz Eduardo Lopo morreu na hora.

PAI ABALADO

O pai do menino, Adriano Bruno Peregrino da Silva, esteve no hospital para levar a documentação da criança e estava muito abalado. Ele contou que brigava há um ano e meio pela guarda do filho na Justiça.

A delegada Marcia Beck, da 23ªDP (Méier), disse que vai ouvir o pai biológico da criança, a mãe de Camila e a mãe de Luiz. Os depoimentos devem ser prestados ao longo da semana. A polícia informou que as investigações estão em andamento para apurar os fatos.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: NOTÍCIAS AO MINUTO

COMENTE ESTA NOTÍCIA!