CRIMINOSOS ACOBERTADOS EM SÃO MATEUS – Gabinete do ódio a mando do prefeito Daniel da Açaí solta fake news institucionalizada atacando Gilvan da Federal, Freitas, Amadeu, Paulo Fundão e André Oliveira; além do deputado federal, do diretor-presidente do DER-ES, do ex-prefeito de São Mateus, do presidente da Câmara e do diretor de Jornalismo do CENSURA ZERO, atuais e ex-vereadores também foram alvos do vídeo calunioso e difamatório; veja os detalhes

Já conhecida como a ‘capital federal da impunidade’, a Cidade de São Mateus tende a viver capítulos ainda mais sofríveis de sua história que está perto de completar 479 anos. A milícia digital (gabinete do ódio) que atua a mando do prefeito Daniel Santana, o Daniel da Açaí (sem partido) inaugurou nesta sexta-feira (28/07) a temporada de ataques com fake news institucionalizadas neste ano pré-eleitoral, com achincalhamento público com prática de crimes de calúnia, difamação e injúria.

As vítimas da vez são o deputado federal Gilvan da Federal (PL), o diretor-presidente do DER-ES e ex-deputado estadual Freitas (PSB), o ex-prefeito Amadeu Boroto, o presidente da Câmara Municipal Paulo Fundão e o jornalista e radialista André Oliveira, Diretor de Jornalismo e Conteúdo do site e canal CENSURA ZERO. Os vereadores de oposição Carlinho Simião (Podemos), Gilton Gomes, o Pia (PSDB), Laílson da Aroeira (Solidariedade) e Delermano Suim (Patriota, que acaba de ter o mandato cassado), o ex-presidente da Câmara Municipal Chiquinho Botelho e o ex-vereador e empresário Clebson Bazoni também foram alvos do vídeo carregado calunioso e difamatório.

A prática criminosa reiterada do prefeito Daniel da Açaí, com uso de seu gabinete do ódio, já é bastante conhecida da Comunidade Mateense e também das diversas autoridades. O sistema paralelo criminoso é formado pela rede de páginas de Facebook e site Boca no Trombone e servidores lotados na Secretaria Municipal de Comunicação da Prefeitura de São Mateus. O chefe é Dilton Oliveira Pinha, o Diltão de Daniel, que atua como porta-voz do prefeito em grupos de WhatsApp, e acumula mais de 30 processos ativos no Poder Judiciário do Espírito Santo, além de inquéritos na Polícia Civil.

Dilton Pinha, o Diltão, é acobertado pelo prefeito Daniel da Açaí na prática reiterada de crimes de achincalhamento público em São Mateus.

PORTA-VOZ DO PREFEITO RESPONDE A PROCESSOS POR DIVERSOS CRIMES

Entre os processos por calúnia, difamação, injúria, intolerância religiosa e racismo contra o criminoso contumaz estão os que envolvem o promotor de Justiça Edilson Tigre, o ex-deputado estadual Freitas, o ex-prefeito Amadeu Boroto e o jornalista e diretor de Jornalismo do CENSURA ZERO, André Oliveira. Acobertado pelo prefeito de São Mateus, Diltão de Daniel zomba constantemente da Polícia Civil, do Ministério Público Estadual e dos juízes que atuam nas varas Criminal e Cível da Comarca de São Mateus. Gaba-se, inclusive, da impunidade, conforme já declarou, por conta do apoio político que Daniel da Açaí recebe de autoridades do Governo do Estado, da Assembleia Legislativa e da bancada federal capixaba.

Todas as vítimas desse recente ataque do gabinete do ódio se encaixam no critério do Chefe do Executivo para sofrer represálias e retaliações: por ser considerado oposição aos interesses e/ou práticas da atual gestão municipal.

O deputado federal Gilvan da Federal fez recentemente pronunciamento no Congresso Nacional repudiando a homenagem concedida pelo Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) ao prefeito Daniel da Açaí, por ocasião do Dia Nacional do Bombeiro, com a Medalha Mérito Nestor Gomes, uma das principais honrarias da corporação. O ex-deputado Freitas, atual diretor-presidente do DER-ES e o ex-prefeito Amadeu Boroto são citados como nomes para a disputa da Prefeitura de São Mateus em 2024; o jornalista e radialista André Oliveira tem autonomia editorial à frente do site e canal CENSURA ZERO e publica a verdade dos fatos em São Mateus, que, normalmente, incomodam o prefeito e outros integrantes da atual gestão municipal.

O criminoso contumaz Diltão de Daniel com secretário de Comunicação Junior Eler: gabinete do ódio atua em São Mateus a mando do prefeito Daniel da Açaí.

VEREADORES E EX-VEREADORES ATACADOS

Os recentes ataques atingem também o presidente da Câmara de São Mateus, Paulo Fundão, e os também vereadores da oposição Carlinho Simião, Pia, Laílson da Aroeira e Delermano Suim, com os criminosos comemorando o fato de este último ter sido cassado pelo TRE-ES em sessão de julgamento na segunda-feira (24/07). Os cinco votaram contra projeto do empréstimo de R$ 100 milhões, que acabou aprovado com os seis votos da base danielista na Câmara, mas o empréstimo não foi concedido pelo Banco do Brasil por causa de condições técnico-financeiras da atual gestão. Paulo Fundão também já acionou judicialmente Diltão de Daniel e outros membros do gabinete do ódio, recentemente, por conta do achincalhamento público com ameaça de morte pelas ruas da Cidade em ato criminoso no Sábado de Aleluia (8/04/2023).

Os ex-vereador Chiquinho Botelho, que foi presidente da Câmara Municipal, e Clebson Bazoni, que atua com empresário em São Mateus, também estiveram na mira dos ataque do gabinete do ódio, por estarem inseridos em articulações político-partidárias visando as Eleições Municipais 2024.

O vídeo criminoso com as fake news institucionalizadas foi lançado em grupos de WhatsApp Boca no Trombone e agregados, pertencentes ao gabinete do ódio, dos quais também participam secretários municipais, servidores municipais, lideranças comunitárias subservientes ao prefeito, além de jornalistas, radialistas, secretários e até políticos com mandato.

Dois internautas enviaram o conteúdo criminoso para conhecimento do jornalista e radialista André Oliveira, Diretor de Jornalismo e Conteúdo do CENSURA ZERO.

A título de informação e para registro completo desta reportagem, que será enviada às autoridades da Polícia Civil, do Ministério Público e do Poder Judiciário, a Direção de Jornalismo e Conteúdo do CENSURA ZERO publica, em arquivo interno, o vídeo com as fake news institucionalizadas do gabinete do ódio que atua a mando do prefeito Daniel da Açaí. Veja:

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

spot_imgspot_img
spot_img

OUTROS DESTAQUES

Open chat
Olá, seja bem-vindo(a) ao portal CENSURA ZERO!
-Faça seu cadastro para receber Boletins Informativos em Transmissão pelo WhatsApp e autorizar o envio de notícias!
-É simples, rápido e seguro, nos termos da nossa Política de Privacidade, disponível no site.
-Deixe seu NOME COMPLETO e a CIDADE onde mora!
Obrigado e volte sempre!