DENÚNCIA GRAVÍSSIMA: Prefeito Daniel é acusado de compra de votos por 8 concorrentes nas eleições em São Mateus; saiba os detalhes!

-

O prefeito Daniel Santana é acusado de compra de votos e abuso do poder econômico, de forma coletiva, por oito dos candidatos que concorrem com ele nas eleições em São Mateus. A informação foi divulgada pelo site do Jornal A Ilha, no início da noite desta terça-feira (3/11), destacando a formação de uma frente de candidatos a prefeito de oposição ao atual gestor, que definiu na tarde desta terça pelo encaminhamento de documento à Polícia Federal, ao Ministério Público Eleitoral e à Justiça Eleitoral exigindo apuração rigorosa sobre o assunto.

A frente de candidatos se reuniu no auditório do Norte Palace Hotel, no Centro de São Mateus, para se organizarem na cobrança da Polícia Federal, do Ministério Público Eleitoral e da Justiça Eleitoral à investigação de suposto abuso de poder econômico, que seria caracterizado pela compra de votos, por meio de doação de cestas básicas emergenciais e contratação de cabos eleitorais com suspeita de dinheiro público destinado ao Município para socorrer as famílias em decorrência da pandemia da covid-19. Chegou a ser cogitada a renúncia coletiva de candidatos a prefeito, mas, de acordo com participantes, a proposta foi descartada.

O site do Jornal A Ilha destaca que, sob a coordenação do escritor Maciel de Aguiar, participaram do encontro os candidatos Carlinhos Lyrio (Podemos), Ferreira Junior (Solidariedade), Dr. Mauro Peruchi (Rede), Eliezer Nardoto (PRTB), Hubstênyo Cajá (PSD), Laurinho Barbosa (PSL) e o presidente do PV, Herikson Locatelli, que tem como candidata a prefeita Cida Negris.

Ao CENSURA ZERO, ela disse que não quis participar do encontro e não tem intenção de assinar a denúncia coletiva. Os candidatos Nilis Castberg (PR) e Eneias Zanelato (PT) não participaram do encontro. Nas redes sociais, Nilis afirmou que, “se existe denúncia formulada contra o atual prefeito de compra de votos e abuso de poder econômico, deve o MP, a Polícia Federal e o Poder Judiciário fazer[sic] as investigações necessárias e punir conforme o caso requer”.

Outro encontro com candidatos a prefeito que concorrem com Daniel Santana está pré-agendado para sexta-feira (6/11), às 9h, no auditório do Norte Palace Hotel.

CRIME ORGANIZADO E MILÍCIA

No encontro desta terça-feira (3/11), conforme o site do Jornal A Ilha, Maciel de Aguiar revelou que uma vitória do atual prefeito [sem citar o nome de Daniel Santana] “representa perigo à população mateense, que poderá vir a ser dominada pelo crime organizado”. “Conclamamos as igrejas Católica e Evangélica, através dos padres e pastores, a Maçonaria e demais entidades a se mobilizarem no sentido e evitar que isso aconteça”, afirmou.

Ainda segundo o site, Maciel de Aguiar prosseguiu: “Se isso se repetir, nossas igrejas vão acabar tendo que pagar à milícia para funcionar, e isso os pastores precisam evitar. Pode se repetir o que acontece no Rio de Janeiro. Para tanto é necessário o povo reagir e as autoridades evitarem que isso venha a acontecer”.

Conforme o site do Jornal A Ilha, o escritor Maciel de Aguiar afirmou ainda que “o prefeito está comprando cabos eleitorais e muitas pessoas usando dinheiro público, certo de que ficará impune perante a Justiça Eleitoral, como já aconteceu à época da primeira campanha quando distribuiu água e os ministros [do STF] o absolveram”. “Ele sabe todos os caminhos para dobrar a Justiça e, por isso, está desrespeitando a lei”, acrescentou.

LOJAS MAÇÔNICAS

O site do Jornal A Ilha noticiou também que, nesta quarta-feira (4/11), a Loja Maçônica Mensageiros da Luz, no Bairro de Fátima, realizará reunião, com membros das quatro lojas maçônicas de São Mateus, para debater formas de cobrar das autoridades a investigação do constatado abuso econômico e o risco da reeleição de Daniel Santana.

A informação foi dada por Clóvis Araújo, conclamando que “os mateenses se mobilizem para votar com a consciência e não se deixem levar pela compra de votos”.

CAMPANHA MILIONÁRIA À REELEIÇÃO

Até agora, o prefeito Daniel Santana faz uma campanha milionária concorrendo à reeleição. Segundo dados oficiais da Justiça Eleitoral, ele já gastou R$ 400.500,00, disparado o maior montante das eleições municipais em São Mateus, e destaque nacional entre as cidades do mesmo porte.

Os valores foram doados pelo próprio Daniel e por outros dois doadores, como pessoas físicas, levantando suspeitas sobre a origem do dinheiro doado.

O OUTRO LADO

O CENSURA ZERO disponibiliza espaço para que o prefeito Daniel Santana possa se pronunciar sobre os fatos narrados nesta reportagem.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FOTOS: SITE JORNAL A ILHA

spot_imgspot_img
spot_img

OUTROS DESTAQUES:

Open chat
Olá, seja bem-vindo(a) ao portal CENSURA ZERO!
-Faça seu cadastro para receber Boletins Informativos em Transmissão pelo WhatsApp e autorizar o envio de notícias!
-É simples, rápido e seguro, nos termos da nossa Política de Privacidade, disponível no site.
-Deixe seu NOME COMPLETO e a CIDADE onde mora!
Obrigado e volte sempre!