EDITORIAL – Independente, dinâmico e arrojado, CENSURA ZERO faz a melhor cobertura do julgamento do prefeito Daniel e público responde

653

Um marco na história do Jornalismo Online em São Mateus e no Espírito Santo! Assim, sem precisar recorrer à hipocrisia implícita da falsa modéstia, pode ser definida a cobertura feita pelo portal CENSURA ZERO do julgamento do recurso especial eleitoral do prefeito de São Mateus, Daniel Santana, pelo Tribunal Superior Eleitoral. E o melhor: o público internauta respondeu (e correspondeu)!

A dois dias de completar três meses de atividades, o CENSURA ZERO alcançou sua maior audiência diária com as matérias veiculadas nesta terça-feira (8/10/2019) sobre a análise pela Corte máxima da Justiça Eleitoral da tentativa do prefeito Daniel da Açaí de reverter a condenação em primeira e segunda instâncias.

O julgamento foi adiado no final de 2018, depois de embargos à decisão monocrática da ministra-relatora Rosa Weber, que decidiu por ouvir a sustentação oral da defesa e da Procuradoria Geral Eleitoral, e ficou bastante tempo parado, voltando a registrar movimentação significativa somente na segunda quinzena de setembro.

Desde então, o CENSURA ZERO tem dado ao fato a importância que ele merece, em face da grande repercussão pública, cercada de interesses da população e da classe política. É a contribuição que está sob nossa incumbência, cumprindo o papel social dos veículos de imprensa.

Em notícias, reportagens, transmissão ao vivo e editoriais, a Direção de Jornalismo e Conteúdo e a Direção de Produção orientaram a Equipe a evidenciar a informação. Dezessete matérias foram produzidas sobre o assunto desde o dia 19 de setembro. Sete delas nesta terça (8/10). A repercussão continua nesta quarta-feira (9/10) e, em face da suspensão do julgamento, vamos manter o assunto na pauta.

No exercício do Jornalismo Online, constatamos que os fatos acontecem muito rápido, de forma dinâmica, e aprendemos que o olhar atento ao que se passa na própria internet e nas redes sociais não nos permite esconder a notícia, firmando a lupa no que se passa do lado de fora.

É a missão do Jornalismo Profissional: ou se impõe na vanguarda ou cede espaço aos aventureiros virtuais -ou criminosos mesmo- que se avolumam gerando desinformação e propagando suas fake news. E é preciso ter coragem, determinação e arrojo para não ser barrado pelo aparato de comunicação institucionalizado.

Há um público cada vez mais ligado a esse dinamismo, buscando interagir, falar, ser ouvido, participar! E o desafio do Jornalismo Profissional na plataforma Online é exatamente buscar essa interação, assegurando a liberdade de expressão com responsabilidade, mantendo-se como guardião dos direitos individuais e coletivos na produção de conteúdo.

Os nossos números comprovam que o público respondeu ao conteúdo do CENSURA ZERO. Justo! Uma visita do internauta pelos outros oito sites de notícias com sede no Município de São Mateus, certamente, permitirá visualizar a diferença na cobertura do Caso São Mateus no TSE.

Méritos nossos? Não! Nem soberba, nem falsa modéstia. Somente o dever cumprido de quem assume o compromisso diário de arregaçar as mangas, firmado na verdade e na Verdade, para praticar Jornalismo Profissional.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!