Em depoimento a CPI da Ales, professor indiciado por morte de cão volta a negar crime e tenta desqualificar provas

PRESIDENTE DA CPI DOS MAUS-TRATOS CONTRA ANIMAIS, A DEPUTADA ESTADUAL JANETE DE SÁ VEIO A SÃO MATEUS PARA A OITIVA DE WELLINGTON GONÇALVES, QUE JÁ HAVIA NEGADO O CRIME EM DEPOIMENTO À POLÍCIA CIVIL. NO INQUÉRITO, ELE FOI INDICIADO POR MAUS-TRATOS E DANO PELA MORTE A TIRO DO CACHORRO 'GRANDE', EM 22 DE AGOSTO, NO BAIRRO LAGO DOS CISNES

435

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | PRODUÇÃO E ENTREVISTA: ANDRÉ OLIVEIRA | IMAGENS E EDIÇÃO: EDUARDO FERREIRA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!