Empresário da Odebrecht que delatou Aécio e Lobão é encontrado morto

O empresário Henrique Valladares, um dos delatores da Operação Lava Jato, foi encontrado morto em seu apartamento no Rio de Janeiro na terça-feira (17/09).

Valladares foi vice-presidente da Odebrecht durante anos. Em uma de suas delações, relatou ter pago R$ 50 milhões a Aécio Neves depositados em contas no exterior.

Também afirmou aos investigadores ter recebido uma cobrança de propina pedida a ele pelo senador Edison Lobão (MDB-MA), no governo de Dilma Rousseff (PT). Lobão foi ministro de Minas e Energia no primeiro governo da petista.

Nos dois casos, a Odebrecht queria como retribuição facilidades na área de energia. Ainda não foi divulgada a causa da morte.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: MSN BRASIL

spot_imgspot_img
spot_img

OUTROS DESTAQUES:

Open chat
Olá, seja bem-vindo(a) ao portal CENSURA ZERO!
-Faça seu cadastro para receber Boletins Informativos em Transmissão pelo WhatsApp e autorizar o envio de notícias!
-É simples, rápido e seguro, nos termos da nossa Política de Privacidade, disponível no site.
-Deixe seu NOME COMPLETO e a CIDADE onde mora!
Obrigado e volte sempre!