Ex-funcionários são suspeitos de furto de R$ 17 mil em loja de móveis na Pedra D’Água (São Mateus)

524

Dois ex-funcionários são apontados serão investigados como suspeitos pelo furto de R$ 17 mil da Móveis Beltrame, na Pedra D’Água, em São Mateus. Eles são apontados pelo dono do estabelecimento comercial, devido às circunstâncias do crime, registrado na manhã dessa sexta-feira (7/02).

A Polícia Militar foi acionada para comparecer à loja de materiais de construção, móveis e serralheria, que fica na rodovia São Mateus-Guriri. No local, o proprietário informou que, ao chegar para o trabalho, encontrou a porta arrombada e o escritório todo revirado.

“Ao olhar minuciosamente seus pertences, sentiu falta de uma quantia em dinheiro no valor de aproximadamente R$ 17.000,00 em espécie, que estava em uma gaveta com chave em seu escritório. Informou ainda que o escritório também estava trancado com chave, e que ambos foram arrombados com uso de uma ferramenta formão, deixada no local”, registram os policiais no boletim de ocorrência.

Segundo a PM, os criminosos também tentaram arrombar a porta de vidro da loja de móveis, mas não conseguiram. O comerciante informou que o sistema de videomonitoramento não está funcionando.

SUSPEITOS

No entanto, ele apontou aos policiais militares que atenderam à ocorrência dois ex-funcionários como suspeitos do furto, “haja vista a frieza dos autores em ir diretamente no escritório, sabendo a gaveta exata onde estava o dinheiro”. Além disso, os ladrões não levaram dois celulares e um computador que estavam do lado da gaveta.

A vítima foi orientada a procurar a Polícia Civil para esclarecer melhor os fatos quanto aos suspeitos. A PM realizou ronda no entorno do estabelecimento comercial, mas não conseguiram localizar nenhum suspeito.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!