Família acusa maternidade de negligência médica, após bebê nascer morto

1227
FOTO DIVULGAÇÃO

A jovem Juliene Soares do Santos segue internada na Maternidade Carmela Dutra, no Méier, na Zona Norte do Rio de Janeiro, após passar horas tentando dar à luz a filha, Manuela. A bebê morreu durante complicações no parto, durante da madrugada de terça-feira (10/09). A família acusa a equipe médica do hospital de negligência médica.

De acordo com parentes, Juliene deu entrada na unidade na manhã da última segunda-feira e até o período da noite os médicos tentaram induzir um parto normal, apesar do tamanho do bebê, que pesava mais de 4 kg.

20 MINUTOS DE VIDA

Já na madrugada de terça (10), por volta das 4h, os profissionais realizaram uma cesária e constataram que a criança já tinha complicações e infecção avançada. O recém-nascido teve uma parada cardíaca. Ainda segundo os familiares, a pequena Manuela teve apenas 20 minutos de vida.

Por meio de nota, a direção da Maternidade Carmela Dutra afirmou que apura as circunstâncias da morte e que está à disposição da família para prestar esclarecimentos.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | PARCEIRA: RÁDIO TUPI

COMENTE ESTA NOTÍCIA!