FATOS & VIDA – Carnaval, futebol, arroz e feijão!

344

POR LUCINETE OLIVEIRA*

PROFESSORA LUCINETE OLIVERA

Cordialidades e jeitinhos sinuosos de uma brasilidade feliz; assim, somos definidos em boa parte do mundo. Quem nunca ouviu dizer que Deus é brasileiro, que o Brasil é o país do futebol, carnaval, do povo alegre, pacífico, sensual e festivo?

Falas repassadas mundo afora, que unificam nossa sociedade, deixando de estimular o conhecimento a diferentes culturas presentes em nosso país; sufocando a capacidade que temos de nos conhecer e conhecer o que há de melhor no Brasil.

As músicas carnavalescas exprimem, em sua maioria, o jeito brasileiro de ser e de viver a vida, banalizando a nossa realidade e, em muitos casos, a figura da mulher. Mas, se contrapondo a essa “sociedade do jeitinho, pacífica, feliz e festeira”, que nunca abandonou a cultura patriarcal e machista, onde a figura feminina é vigiada e entendida por muitos como “protegida”!

Mas, quando esse mito da proteção chega à luz da verdade, máscaras caem! Verifica-se desde suas raízes, a origem da violência doméstica, do feminicídio. Aquilo que, no passado, era tratado como “proteção”, hoje é entendido como controle e dominação; forma de limitar as atitudes e os direitos da mulher e justificar sua justiça de poder, onde a figura masculina apresenta-se como um “ cuidador do paraíso”, onde “superiores” mandam e “inferiores” obedecem.

Com essa veracidade, podemos dizer que o machismo cultivado por muitos de forma camuflada, e até cantada em melodias carnavalescas, limita a liberdade e a visão feminina de mundo, fixando-a em um estágio específico e único.

Mesmo assim, vale lembrar que “moro num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza. Mas que beleza! Tem carnaval; tenho um Fusca e um violão, sou Flamengo e tenho uma ‘nega’ chamada Teresa” (Jorge Ben Jor).

*Lucinete Oliveira é Professora. Graduada em Ciências Contábeis e Pós-Graduada em Gestão e Educação Ambiental, Educação Especial e Inclusiva e Políticas de Inclusão. Atualmente, cursa Licenciatura em Educação do Campo na Ufes.

Contatos: E-mail: lucinete_oliva@hotmail.com

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!