FATOS & VIDA – E viva as diferenças!

779

POR LUCINETE OLIVEIRA*

LUCINETE OLIVEIRA

As relações humanas são tão valiosas que precisam ser regadas com muito cuidado, para que gerem frutos. Se cuidarmos uns dos outros, as coisas boas vão acontecendo como uma corrente, ligando elos, como num passe de mágica. Automaticamente o bem gera o bem.

É claro que todos temos defeitos, uns até de estimação, que, às vezes, nem os encaramos como desvirtudes! Mas devemos amar e respeitar as diferenças, pois na essência somos todos iguais. Não somos perfeitos, cometemos falhas, loucuras no presente que serão capazes de render grandes assuntos e histórias futuras.

Afinal, a vida sempre encontra um jeito de nos lembrar que nossas diferenças nos tornam bonitos, que nossos gestos nos fazem nobres e isso faz a diferença na vida dos que nos cercam. Com a nobreza da alma, somos capazes de florir sem ferir; pois somos parte do maior milagre que a visão humana pode contemplar. Estamos vivos!

A vida é um recomeçar divino que, mesmo diante de tantos obstáculos, descobrimos o quanto precisamos ser gratos e conscientes de que Deus não se aproxima de nós para nos livrar de problemas. Mas, sim, para renovar a nossa fé para que possamos nos mover sem desanimar. Sem o lado ruim da vida não saberíamos o valor da bondade e dos sorrisos.

O bem é aquele que ascende nossos sorrisos, nossas alegrias. Enquanto o mal nos fortalece e nos faz descobrir o quanto somos destemidos, resistentes e preparados para as lutas diárias, fazendo-nos descobrir uma imensidão de estratégias e forças escondidas.

*Lucinete Oliveira é Professora. Graduada em Ciências Contábeis e Pós-Graduada em Gestão e Educação Ambiental, Educação Especial e Inclusiva e Políticas de Inclusão. Atualmente, cursa Licenciatura em Educação do Campo na Ufes.

Contatos: E-mail: lucinete_oliva@hotmail.com

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!