FATOS & VIDA – Perseverança e confiança

-

POR LUCINETE OLIVEIRA*

LUCINETE OLIVEIRA, professora

Um grande exemplo de perseverança e confiança, é a história Bartimeu, o cego de Jericó. Bartimeu era um cego que se sentava à beira do caminho da cidade de Jericó para mendigar. Ao saber que Jesus estava por perto, acompanhado por uma multidão, imediatamente clamou:“Jesus, Filho de Davi, tem compaixão de mim!” (Marcos 10:47).

A Bíblia diz que muitas pessoas se incomodaram com os gritos do “cego de Jericó” e mandavam que ele se calasse. Mas muito perseverante, Bartimeu gritava cada vez mais alto. Então Jesus ouviu o seu apelo e pediu que o chamassem. A multidão que tinha lhe repreendido, agora teve que lhe dizer:“Tenha bom ânimo! Levanta-te, Ele te chama” (Marcos 10:49).

O cego Bartimeu prontamente respondeu ao chamado de Jesus. Diante de Jesus, Bartimeu ouviu a maravilhosa pergunta: “O que queres que eu te faça? ”(Marcos 10:15). A resposta de Bartimeu expressou aquilo que ele mais queria em sua vida: “Mestre, que eu torne a ver”. Em resposta ao pedido do cego Bartimeu, o Senhor Jesus disse: “Vai, a tua fé te salvou” (Marcos 10:52). Imediatamente, o cego de Jericó passou a enxergar, e seguiu Jesus estrada afora.

A lição de vida que fica para nós é que perseverança e confiança, são atitudes que fazem muita diferença em nossas vidas; pois a fé gera ações e milagres. Existem pessoas que são tão focadas em seus objetivos, que não hesitam em responder o que realmente desejam; não ficam pulando de galho em galho e, ao entrar no cenário, fazem as coisas acontecerem, produzem a diferença e, por já saberem o que querem, não esperam alguém decidir por elas, tomam atitudes de andar e olhar para frente, sair da condição de vítima e dar o primeiro passo.

Bartimeu foi pressionado e se esforçou, deu o seu melhor, clamou, gritou, sem se preocupar com o que os outros iam pensar. Portanto, ouse clame, mude de atitude, as mudanças nos transformam; faça uma revisão em seus hábitos antigos, pois nossos hábitos constroem nossa realidade. Todo mundo tem medo, só não podemos permitir que nossos medos sejam mais fortes do que nossa vontade de conseguir. Pois em certos casos, nós mesmos nos excluímos, nos classificando como pessoas inadequadas, em determinados ambientes ou situações.

Se Bartimeu tivesse ouvido a multidão, teria passado o resto de sua vida cego, mendigo e excluído, mas ele fez a diferença!!! Tomou atitude de clamar, perseverou, sem se importar com o que a multidão falava, mas sim, com o seu objetivo final, que era voltar a enxergar. Precisamos nos preocupar menos com o que certas pessoas falam e nos dedicar cada vez mais ao que queremos! Para nos ajudar serão poucos, mas para atrapalhar, nunca faltará gente habilitada para isso.

Deus nos fortalece para que possamos ir além do que imaginamos. Basta ter fé e perseverar que a vitória é só uma questão de tempo. Por mais atitudes de Bartimeu em nossas vidas, pois se desejas que as mudanças aconteçam, basta mudar as atitudes.

*Lucinete Oliveira é Professora. Graduada em Ciências Contábeis e Pós-Graduada em Gestão e Educação Ambiental, Educação Especial e Inclusiva e Políticas de Inclusão. Atualmente, cursa Licenciatura em Educação do Campo na Ufes.

Contatos: E-mail: lucinete_oliva@hotmail.com

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

spot_imgspot_img
spot_img

OUTROS DESTAQUES:

Open chat
Olá, seja bem-vindo(a) ao portal CENSURA ZERO!
-Faça seu cadastro para receber Boletins Informativos em Transmissão pelo WhatsApp e autorizar o envio de notícias!
-É simples, rápido e seguro, nos termos da nossa Política de Privacidade, disponível no site.
-Deixe seu NOME COMPLETO e a CIDADE onde mora!
Obrigado e volte sempre!