Flordelis induziu filho a mudar versão de crime, afirma testemunha

477

Uma testemunha da morte do pastor Anderson do Carmo acusou a deputada Flordelis de ter influenciado um dos filhos a mudar sua versão sobre o crime. O filho Lucas Cézar dos Santos, de 18 anos, preso pelo assassinato teria confessado em uma carta a sua participação no crime.

A testemunha é Regiane Ramos, ex-patroa de Lucas. No dia 31 de outubro em depoimento à Justiça, ela contou que a ideia era de que o jovem assumisse toda a culpa pela morte de Anderson. Além de Lucas, outro filho de Flordelis também é acusado pelo crime, Flávio dos Santos. Os dois viraram réus.

PROMOTORA

Segundo Fernanda Neves, promotora do caso, os advogados de Flávio também teria feito uma visita a Lucas uma semana antes de a carta com a confissão ter sido divulgada. Os dois irmãos estavam dividindo a mesma cela em Bangu 9.

Em audiência, após a divulgação da carta, Lucas negou participação no crime. E contou que havia copiado um texto já pronto da biblioteca penitenciária. A partir da declaração, a juíza Nearis dos Santos determinou o início de uma investigação a respeito da confecção da carta para apurar se houve alguma fraude.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: SITE RÁDIO TUPI

COMENTE ESTA NOTÍCIA!