Mateusinho dá esclarecimentos sobre ação do MP que pede afastamento dele da Prefeitura de Conceição da Barra

-

O prefeito interino de Conceição da Barra, Mateusinho Vasconcelos, usou as redes sociais neste sábado (6/06) em pronunciamento sobre a ação civil pública do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Conceição da Barra, pedindo seu afastamento da Prefeitura, assim como do secretário de Saúde, Thiago Magela Guimarães, por ato de improbidade administrativa.

Na ação, o MPES sustenta que o Município firmou um contrato emergencial, com dispensa de licitação, no valor total de R$ 421.700,00, para aquisição de 110 mil litros de combustível somente para a Secretaria de Saúde, com preços superiores aos praticados no mercado.

Outra acusação na ação é que “o município gastou ainda R$ 611.829,20 com materiais esportivos, neste momento de pandemia do novo coronavírus, em que as aulas escolares estão suspensas e quando não há modalidade esportiva que justifique a necessidade da quantia”.

Mateusinho disse que foi pego de surpresa com ação do MPES, frisando que vem trabalhando em prol da população. Ele creditou as denúncias a adversários políticos e afirmou que tudo será esclarecido na Justiça.

CONFIRA NO VÍDEO, O PRONUNCIAMENTO DO PREFEITO INTERINO DE CONCEIÇÃO DA BARRA, MATEUSINHO VASCONCELOS:

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | VÍDEO: REDES SOCIAIS

spot_imgspot_img
spot_img

OUTROS DESTAQUES:

Open chat
Olá, seja bem-vindo(a) ao portal CENSURA ZERO!
-Faça seu cadastro para receber Boletins Informativos em Transmissão pelo WhatsApp e autorizar o envio de notícias!
-É simples, rápido e seguro, nos termos da nossa Política de Privacidade, disponível no site.
-Deixe seu NOME COMPLETO e a CIDADE onde mora!
Obrigado e volte sempre!