Mourão rebate declaração de Carlos Bolsonaro: ‘A democracia é fundamental’

398

O Presidente da República em exercício, Hamilton Mourão (PRTB), durante conversa com a imprensa nesta terça-feira (10/09), comentou sobre o tuíte do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do Presidente Jair Bolsonaro (PSL). Ele defendeu que as mudanças que o País precisa podem e devem ser feitas no sistema democrático.

“A democracia é fundamental, são pilares da civilização ocidental. Vou repetir: pacto de gerações, democracia, capitalismo e sociedade civil forte, sem isso a civilização ocidental não existe”, argumentou Mourão. “Temos que negociar com a rapaziada do outro lado ali da Praça (dos Três Poderes, o Congresso Nacional), com clareza, determinação e muita paciência”, afirmou ao deixar o Gabinete da Vice-presidência, no Palácio do Planalto, em Brasília.

O vice-presidente esteve reunido na manhã desta terça-feira (10) com os ministros da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. A pauta do encontro foi a Medida Provisória (MP) 885, de 2019, que facilita a venda de bens apreendidos em ações de combate ao tráfico de droga e reverte os recursos para o Fundo Nacional Antidrogas.

A MP está em tramitação no Congresso e, segundo Ramos, deve entrar na pauta de votação da Câmara dos Deputados ainda esta semana. “Foi uma reunião muito produtiva. A preocupação do ministro Sergio Moro é que se consiga aprovar esse projeto”, afirmou Ramos.

DECLARAÇÃO DE FILHO DE BOLSONARO REPERCUTE

A declaração do vereador Carlos Bolsonaro foi feita na noite desta segunda-feira (9/09), em sua conta oficial no Twitter. Ele defendeu que não será através da democracia que virão as mudanças desejadas no País. A declaração repercutiu negativamente e foi alvo de críticas por parte de políticos e partidos.

Na postagem, o vereador escreveu: “Por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos… e se isso acontecer. Só vejo todo dia a roda girando em torno do próprio eixo e os que sempre nos dominaram continuam nos dominando de jeitos diferentes!”.

MANIFESTAÇÕES

Entre as respostas a declaração, também pelo Twitter, o PSDB repudiou a fala do vereador e lembrou que foi através da democracia que o Brasil “elegeu Bolsonaro e tirou o PT”. “Por vias democráticas o brasileiro elegeu presidentes, apoiou impeachment dos que cometeram irregularidades. Por vias democráticas, o brasileiro elegeu Bolsonaro e tirou o PT. Figuras autoritárias insistem em transformações que não sejam pelas vias democráticas. Mas a democracia é a única opção possível”, afirmou o partido na publicação.

Já a deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP), fez questão de dizer que  a democracia é o único caminho: “Para Carlos Bolsonaro, vias democráticas não trarão a transformação que o país precisa. O que ele sugere? A tirania? A democracia é o único caminho a se seguir para termos uma sociedade justa, livre e inclusiva. O nosso avanço será pela pluralidade e não pela censura e repressão”.

Outro a criticar a afirmação do vereador foi o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP): “O  Carlos Bolsonaro, filho do presidente, diz que não há transformação pelas vias democráticas. Afirma assim a veia ditatorial da famiglia Bolsonaro”.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | PARCERIA: RÁDIO TUPI

COMENTE ESTA NOTÍCIA!