Na despedida do Brasileirão, Flamengo é goleado pelo Santos e pela invencibilidade de 29 jogos

510

O Santos fez uma partida absolutamente perfeita e derrotou o Flamengo por 4 a 0 na tarde deste domingo pelo Campeonato Brasileiro. Sánchez marcou duas vezes, Soteldo e Marinho completaram a goleada do alvinegro praiano. O revés deste domingo encerrou a invencibilidade rubro-negra que já durava 29 partidas.

O Flamengo esteve irreconhecível no primeiro tempo e foi amplamente dominado pelo Santos na Vila Belmiro. O alvinegro praiano abriu o placar logo aos 14 minutos da etapa inicial. Enquanto a defesa do Flamengo ainda se reestruturava, Sanchéz acionou Soteldo na ponta direita. Em velocidade, o venezuelano fez boa jogada pra cima de Rodinei e rolou na medida para Marinho, que chegou batendo firme no cantinho de Diego Alves para fazer o primeiro do Santos.

Quando o Flamengo ainda tentava se recuperar do gol sofrido, a equipe santista se aproveitou da fragilidade rubro-negra na primeira etapa e ampliou a vantagem. Filipe Luís, que fez um primeiro tempo bem abaixo da crítica, recuou de forma equivocada para a defesa e deu um presentão para o uruguaio Carlos Sanchez.

O meia invadiu a área e chutou cruzado para ampliar. Após marcar pela segunda vez, o Santos ainda teve outras oportunidades, mas Diego Alves impediu que a equipe carioca saísse para o intervalo com um prejuízo ainda maior.

SEGUNDO TEMPO

Nos primeiros lances da etapa final, o Flamengo até tentou ensaiar uma reação, mas só conseguiu criar uma oportunidade de perigo. Após boa jogada pela esquerda, Vitinho chutou cruzado e assustou o goleiro Éverson. A partir daí, o Santos retomou o controle do jogo e voltou a dar um baile no Flamengo.

Aos 17, Soteldo fez um novo furacão pela esquerda explorando a fragilidade defensiva de Rodinei e achou Sasha livre no meio da área. O centroavante santista só teve o trabalho de escorar para marcar o terceiro do Peixe.

Extremamente atordoado na partida após os três gols, o Flamengo não conseguiu reagir no segundo tempo e foi pressionado de forma incessante desde então. Aos 39, Carlos Sánchez fez o quarto e último do Santos na Vila Belmiro. Após a consolidação da goleada, o Santos ainda colocou duas bolas na trave antes do fim da partida.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: SITE RÁDIO TUPI

COMENTE ESTA NOTÍCIA!