Prefeito aumenta o próprio salário sem autorização da Câmara e está na mira do Ministério Público

488


O prefeito de Nova Palmeira-PB, Aílton Gomes Medeiros (PTB), reajustou o próprio salário sem a autorização da Câmara Municipal. A medida é irregular, já que o gestor não pode ordenar o aumento da sua remuneração sem aprovação dos Vereadores.

O resultado é que o Ministério Público da Paraíba (MPPB) abriu um inquérito civil para investigar o caso. A ação do MPPB surge após o tempo previsto para tramitação de uma Notícia de Fato sobre o caso.

O despacho de instauração do inquérito foi publicado na sexta-feira (24). O promotor de Justiça Sócrates da Costa Agra é o responsável pela instauração da investigação.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: SITE PATOS METRÓPOLE

COMENTE ESTA NOTÍCIA!