Presos suspeitos de roubo em depósito de bebidas com prejuízo de R$ 75 mil

208

Duas pessoas suspeitas de participarem do roubo de um depósito de bebidas de Venda Nova do Imigrante, na região Serrana do Espírito Santo, foram presos na manhã desta segunda-feira (11/07). O crime aconteceu em fevereiro deste ano, no Bairro Minete. As informações são do portal Folha Vitória.

Segundo a polícia, os suspeitos deixaram um prejuízo de mais de R$ 75 mil. As investigações apontam que o roubo foi planejado por um ex-funcionário do estabelecimento.

Os suspeitos foram presos durante a Operação Contra-Ataque, realizada pela Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) do município, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) nos bairros Flexal e Planeta, em Cariacica. 

EX-FUNCIONÁRIO

Segundo as investigações, um dos suspeitos preso, de 20 anos, era um ex-funcionário do depósito. Quando trabalhava no local, ele era o responsável por descarregar e carregar os caminhões que chegavam.

O titular da Deic de Venda Nova do Imigrante, delegado Cláudio Rodrigues, disse que o homem sabia que, a cada 15 dias, um funcionário passava recolhendo o dinheiro dos diversos estabelecimentos que compravam a bebida no local e, no mesmo dia, pagava os funcionários.

“O depósito era responsável por distribuir as bebidas para diversas cidades da região sul do Estado. O suspeito havia sido demitido e arquitetou todo o roubo. Inclusive, conseguiu as armas para poder concretizar o fato. Os quatro suspeitos ficaram na rua detrás, esperaram o caminhão e, logo que entrou, os indivíduos aproveitaram, invadiram o estabelecimento e anunciaram o roubo, utilizando uma extrema violência”, contou.

Ainda de acordo com investigações, os envolvidos no crime têm ligação com o tráfico de drogas de Cariacica. Um dos envolvidos, um adolescente de 17 anos, foi assassinado no bairro Graúna, em Cariacica, em 5 de março deste ano.

CÂMERAS DE SEGURANÇA

O crime foi registrado por câmeras de segurança. Nas imagens é possível ver o momento em que os suspeitos chegam encapuzados e obrigam um homem a deitar no chão. A todo momento, a vítima fica com uma arma apontada para cabeça.

Durante a ação, que durou menos de dez minutos, um dos assaltantes revista o homem. Outros funcionários chegam na sala e também são rendidos.

Segundo as vítimas, os suspeitos eram dois homens e uma mulher. Todos eles estariam armados.

Os criminosos pegaram um malote com R$ 60 mil em cheques e R$ 15 mil em dinheiro e fugiram. Os suspeitos ainda levaram a carteira de um dos proprietários com documentos, cartões bancários, celular e R$ 1 mil. Um dos funcionários teve a carteira, R$ 400,00 e um celular levados.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!