Professor Maguinho tranquiliza amigos e denuncia à polícia fake news espalhada em grupos de WhatsApp

1105

O professor Carlos Magno Alhakim Figueiredo, o Maguinho, denunciou à Polícia Civil, por meio de Boletim Unificado (BU) a circulação criminosa de uma notícia falsa – fake news – em grupos de WhatsApp desde o final da manhã deste domingo (29/09).

Bastante conhecido e querido em São Mateus, Maguinho publicou um post em seu perfil no Facebook tranquilizando parentes e amigos com relação ao conteúdo da fake news, com a afirmação de que ele teria abusado de duas crianças na vila Maruim (Bairro Porto) e estaria fugido da Cidade.

“Amigos… passando pra dizer que estou bem, e que quanto ao anúncio fake, já fiz BU e vou prosseguir com o processo até o final”, escreveu Maguinho na postagem, recebendo o carinho e o apoio de muitos amigos internautas. Alguns já sabiam da circulação da fake news e demonstraram indignação; outros pediam informações sobre o ocorrido.

DENÚNCIA À POLÍCIA

O CENSURA ZERO entrou em contato com o professor Carlos Magno, que ficou sabendo do ato criminoso por telefone, através de amigos. Ele confirmou que abriu um Boletim Unificado (BU) junto à Polícia Civil e, nesta segunda-feira (30/09), pedirá providências pessoalmente ao Delegado, na Delegacia Regional de São Mateus.

FAKE NEWS COMPARTILHADA EM GRUPOS DE WHATSAPP:

ESCLARECIMENTO FEITO PELO PROFESSOR MAGUINHO NO FACEBOOK:

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!