Quase 60 cães morrem com suspeita de envenenamento na Grande BH

386

Uma tragédia vitimou 59 cães na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, neste domingo (15/03). A suspeita? Envenenamento. O caso aconteceu no Lar Temporário Entre Latidos e Miados, localizado no Bairro Quintas do Jacuba, em Contagem-MG.

Dos 59 cães, 11 eram do deputado estadual Osvaldo Lopes (PSD). Segundo a Corrente do Bem pelos Animais, entidade criada pelo político, outros sete caninos estão internados em estado grave. Sete dos que morreram, inclusive, chegaram a ser socorridos, mas morreram horas depois.

“Estou presente em uma cena de filme de terror. É impressionante como o ser humano é capaz de fazer algo tão cruel. É muito ruim ver os animais que você resgata no dia a dia passar por um sofrimento desse. É muito triste”, afirmou o deputado pelas redes sociais.

NECRÓPSIAS

Ainda de acordo com a nota da entidade ligada a Osvaldo Lopes, o Hospital Veterinário do Uni-BH, localizado no Bairro Estoril, Região Oeste de Belo Horizonte, vai realizar necrópsias nos animais para detectar a causa da morte.

Em seu posicionamento, o deputado também disse que irá “até o fim” para esclarecer o fato e que o responsável pelo crime seja punido.

Procurada, a Polícia Civil informou que instaurou um procedimento para investigar o caso. Já a Polícia Militar informou que não há boletim de ocorrência registrado sobre o fato na corporação. Ninguém foi preso até a publicação desta reportagem.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: MSN

COMENTE ESTA NOTÍCIA!