São Mateus já tem 75 fuzileiros navais e outros 10 militares da Marinha nos preparativos para ameaça do óleo em Guriri

548

A Marinha do Brasil enviou para São Mateus 75 fuzileiros navais do Destacamento Operativo de Fuzileiros, do Rio de Janeiro, e mais 10 militares, envolvidos da organização dos trabalhos: cinco da Capitania dos Portos do Espírito Santo, e cinco da Escola de Aprendizes de Marinheiros do Espírito Santo (EAMES).

Em contato com a assessoria da Prefeitura de São Mateus, o Gabinete Gestor de Crises, da Marinha do Brasil, informou que o envio da tropa é em caráter preventivo e tem o objetivo de facilitar a atuação do Grupo de Acompanhamento e Avaliação, composto também por ANP e Ibama, caso as manchas de óleo cheguem ao Estado.

A tropa está acampada na sede do Motoclube Águias do Norte, em Guriri.

BASE DE APOIO

A Prefeitura de São Mateus informou que está montando uma estrutura em Guriri para servir de base a equipes que atuam no monitoramento da mancha de óleo que atinge praias do Nordeste.

“O espaço também será usado por equipes que atuarão numa eventual operação de limpeza de praias”, afirma a assessoria.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FOTOS: PMSM

COMENTE ESTA NOTÍCIA!