São Mateus na mira de grande empresa do setor de água e esgoto; Aegea tem interesse também em Linhares e Colatina

389
FOTO: SAAE SÃO MATEUS/DIVULGAÇÃO

A Aegea, maior empresa privada de saneamento básico do Brasil, está de olho em
oportunidades em todo o Brasil, inclusive no Espírito Santo, onde já possui negócios. São
Mateus, Linhares e Colatina, cidades que possuem serviços de saneamento administrados
por autarquias municipais, estão na mira da companhia. As informações são do jornal online A Gazeta.

Conforme a reportagem assinada pelo jornalista Abdo Filho, a empresa também avalia investimentos nos blocos regionais sugeridos pelo Estado a partir da aprovação do Marco do Saneamento, em 2020. “O objetivo é, juntando cidades mais populosas a outras onde a atividade é menos rentável, tornar o ativo atrativo. Pela lei, o município tem a autonomia de definir se entra ou não no bloco. A Aege acompanha os movimentos de perto para saber quais serão as definições sobre Linhares, Colatina e São Mateus”, destaca o jornalista.

MARCO DO SANEAMENTO

A reportagem de A Gazeta frisa que “o Marco do Saneamento prevê que, até 2033, o país deve atender 99% da população com abastecimento de água tratada e 90% da população com coleta dos esgotos. Ou seja, se não for feita uma concessão ou privatização, as autarquias municipais terão de dar um jeito, sem financiamento federal, de cumprir a lei”.

A Aegea atua em 154 cidades de 13 Estados diferentes, atendendo 21 milhões de pessoas. É
a responsável pela prestação do serviço de água em esgoto em Cariacica, Vila Velha e Serra
(em parcerias público-privadas com a Cesan). No ano passado, a receita líquida da
companhia ficou em R$ 2,9 bilhões. Equipav (52,78%), Fundo Soberano de Cingapura
(34,34%) e Itaú S/A (12,88%) são os sócios da empresa.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!