Vereadores votam nesta terça (10), às 18h, proposta da Cesan para concessão do Saae; sessão terá segurança reforçada

493
SECOM CMSM/DIVULGAÇÃO - A assessoria da Câmara de São Mateus se organiza para a sessão ordinária desta terça-feira (10/09), que já é considerada, até aqui, a mais importante da atual Legislatura.

Está marcada para a sessão ordinária desta terça-feira (10/09), a partir das 18h, na Câmara de São Mateus, a votação do projeto de lei do Executivo que contém a proposta da Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) para a concessão do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), autarquia responsável pelos serviços públicos de abastecimento de água e tratamento de esgoto no Município.

Em entrevista ao CENSURA ZERO, o presidente da Câmara Municipal, Jorginho Cabeção, já havia confirmado que a votação nesta terça (10) ocorre em acordo com o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPE), que acompanham os encaminhamentos da Cesan junto à Prefeitura de São Mateus e a tramitação do projeto de lei no Legislativo.

Já estão finalizadas as atividades do grupo de trabalho constituído para analisar a proposta da Cesan e também verificar a viabilidade de uma possível reestruturação do Saae para que possa atender às necessidades atuais de investimentos. O grupo foi constituído de vereadores, representantes do Executivo, do Saae, da Cesan, dos servidores do Saae e do Sindaema (sindicato que representa os trabalhadores no setor de água e esgoto).

BUSCA POR VOTOS

Nos bastidores, circulam informações de que o prefeito Daniel Santana e seu líder na Câmara Municipal, vereador Francisco Amaro, não conseguiram os votos suficientes (2/3 dos parlamentares) para a aprovação do projeto da forma original.

Mas tem a possibilidade de haver composições com apresentação de emendas relacionadas a temas polêmicos da proposta da Cesan (como o aproveitamento futuro dos servidores do Saae) e, até mesmo, de haver uma reviravolta e o Executivo, com o apoio de emissários do Governo do Estado, conseguirem demover alguns vereadores de votarem contra o projeto.

POLICIAMENTO REFORÇADO

A assessoria da Câmara de São Mateus já se organiza para a sessão ordinária desta terça-feira (10/09), que já é considerada, até aqui, a mais importante da atual Legislatura. Foi solicitado reforço na segurança nas dependências da Câmara e a Polícia Militar atuará também na vigilância do lado de fora e nas imediações da sede do Legislativo, no Bairro Santo Antônio.

Nos bastidores políticos, corre a informação de que “emissários do prefeito Daniel estariam mobilizando um grande número de pessoas para lotar a plateia da Câmara Municipal e pressionar os vereadores da oposição”.

PRESENÇAS NA SESSÃO

Há expectativa de que representantes dos servidores do Saae, do Sindaema, da Direção do Saae e da Diretoria da Cesan compareceram à sessão da Câmara de Vereadores nesta terça (10).

O prefeito Daniel Santana e o secretário`Valter Pigati, titular da pasta de Obras, Infraestrutura e Transportes, que é diretamente ligada ao tema, não confirmaram presença.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!