VISÃO ATALAIA – Por que não recebi o Espírito Santo?

417

Por que a maioria cristã ainda não recebeu o Espírito Santo, se Ele já foi enviado?
O que a tem impedido de ser selada com o Espírito Santo?
Ausência de fé? De méritos? Dedicação total?

Há muitas razões.

Acredito que a maior barreira para a descida do Espírito Santo tem sido a falta de entrega total.

O Deus Espírito Santo significa o derramamento de 100% do Deus Altíssimo para os que creem. Quem quiser recebê-lO tem de estar disposto a se entregar 100% para o Seu Filho Jesus Cristo.

Ele é o TUDO DE DEUS pelo TUDO DE QUEM CRÊ.
Infelizmente, nem todos estão realmente dispostos a abrir mão de sua vida ou de seus pecados.

Aceitam Jesus como Salvador, mas não O querem como Senhor.
Querem gozar a vida livremente sem nenhum compromisso sério com Ele.

Só se pode acreditar nos que dizem crer nEle quando RECEBEM O SELO DO ESPÍRITO SANTO.

PORQUE QUEM CRÊ MESMO SE CASA, ASSUME SUAS RESPONSABILIDADES PARA COM O SENHOR JESUS DIANTE DA FAMÍLIA, DO MUNDO E DO INFERNO.

Não tem mais ou menos. É sim, sim ou não, não. OU CRÊ OU NÃO CRÊ!

Muitos têm fingido que o Senhor Jesus é Senhor e Salvador de sua vida. Finge que Lhe é fiel. Finge ser espiritual. Finge que O busca. Finge que é de Deus. Finge, finge e finge…
Entra ano, sai ano e continua fingindo.

No meio político, o que se diz é: você finge que vai cumprir sua palavra e eu finjo que acredito. E cada um se vira como pode.

É claro que o Espírito de Deus não finge que acredita na entrega das pessoas. Mas como conhece o mais profundo do interior humano, Se entristece de ver tanto engano.
Em compensação, o diabo gosta.
E a vida da pessoa continua amarrada indefinidamente.
Está na igreja, é dizimista, faz votos, orações, chora, mas não abre mão de sua liberdade de pecar.

Jesus disse:

“Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus”(João 3.36).

Obs.: Crer, no original bíblico, significa entregar-se de corpo, alma e espírito, INCONDICIONALMENTE.

Autor: Bispo Edir Macedo. Publicado originalmente no Blog do Bispo Macedo (bispomacedo.com.br)

COMENTE ESTA NOTÍCIA!