“Graças a Deus que nos dá a vitória por intermédio do nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Coríntios 15.57).

“O que devo fazer para ter vitória constante sobre a minha velha natureza?”, perguntam muitos. Pois na prática diária muitas vezes se nota tão pouco dessa vida vitoriosa. Mas aqui é válida a pergunta: você crê que Jesus Cristo de fato morreu na cruz?

Em caso afirmativo, vale Romanos 6.6: “…sabendo isto, que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos”. No momento em que o inimigo procura nos provocar por meio de pessoas que ofendem, caluniam ou cometem outras injustiças, temos a oportunidade de provar que cremos no poder da morte de Jesus.

Justamente numa ocasião assim é que o “estar crucificado com Cristo” se mostra como o segredo da vitória sobre tudo o que é negativo. Deus providencia para que no dia-a-dia sejamos constantemente confrontados com o Crucificado. Por toda parte nos deparamos com a cruz. Se não tivéssemos provações, não haveria oportunidade de praticar a vitória de Jesus Cristo conquistada na cruz.

Por esse motivo, deveríamos amar aqueles que nos machucam em nossos pontos mais sensíveis, pois em cada tentação temos a possibilidade de exclamar o que está escrito em 2 Coríntios 2.14: “Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo”.

Publicado originalmente no site chamada.com.br (da Revista Chamada da Meia-Noite)

COMENTE ESTA NOTÍCIA!