Daniel mente e é enquadrado por Eneias: São Mateus recebeu R$ 98 milhões de royalties e faltam médicos, remédios e saneamento

1223

O prefeito Daniel Santana (PSB), candidato à reeleição, não tem se sentido constrangido em mentir nos debates e declarações públicas no âmbito da campanha eleitoral em São Mateus. Ele voltou a fazê-lo no debate realizado pela Rede Sim, na noite desta quarta-feira (11/11), na Câmara Municipal, com transmissão pela TV Sim, TV Record News e rádios Musical FM e Massa FM, com a participação de todos os 10 candidatos a prefeito(a).

No entanto, Daniel foi enquadrado pelo candidato do PT, Eneias Zanelato, quanto ao uso de recursos referentes aos royalties do petróleo, que, conforme o petista, somaram R$ 98 milhões em 3 anos e meio da atual gestão. Eneias destacava a importância dos investimentos em saneamento para as ações da saúde básica, especialmente prevenção.

O petista fez críticas contundentes à atuação de Daniel Santana na área da saúde: “Hoje existem várias áreas descobertas que não têm o agente comunitário de saúde. Nós vamos fazer concurso para colocar profissionais nessa área. Nós não vamos permitir que faltem médicos nos postinhos, como faltam hoje. Faltam remédios nos postinhos. Então nós vamos cuidar da saúde básica, que é na prevenção”.

DENTISTA SEM CONDIÇÕES DE TRABALHO

Eneias disse que fez visita ao Bairro Seac e constatou uma dura realidade enfrentada pelos moradores: “Eu fiquei muito triste porque eu fui no Seac; encontrei um dentista no Seac que não estava atendendo ninguém. Eu perguntei: ‘O que é que foi?’. ‘Não, não tem material, a mesa [ou cadeira] está quebrada”. Isso não pode acontecer no Município, porque o município tem recursos. O Orçamento do Município é em torno de trezentos milhões [de reais]”.

Meio desconsertado, Daniel leu numa folha de papel que “a Prefeitura reformou todas as unidades de saúde, está reformando também a US3, Pronto Socorro [sem dizer que ele desativou o serviço atual na gestão], academia popular do Seac, do Litorâneo”.

O prefeito prosseguiu no debate, pregando mentiras aos eleitores em rede estadual de televisão e às emissoras de rádio: “Estamos fazendo tudo dentro do possível, porque a gente pegou a Prefeitura endividada, cheia de dívidas, e tivemos uma Câmara de seis vereadores cruéis, uma Câmara de Vereadores que não pensou no próximo, pensou só na política e naqueles grupos políticos viciados em São Mateus. Então, não fizemos mais, não levamos mais à frente devido a isso”.

“PROBLEMA GRAVE DE SAÚDE”

Na tréplica, Eneias respondeu ao prefeito Daniel, citando mais problemas da saúde e do saneamento básico na atual administração.

“Nós precisamos também dar um atendimento especializado para as comunidades rurais, para as comunidades quilombolas, que têm que ter um tratamento diferenciado. Agora, para termos saúde também, nós precisamos investir em saneamento. Por que, se tem esse Córrego da Abissínia aqui, que é um valão de esgoto, isso é um problema grave de saúde. Tem que ter investimento no saneamento, porque o prefeito recebeu nesses três anos e meio 98 milhões de royalties, depois eu gostaria que ele explicasse como aplicou”, afirmou o petista.

CENSURA ZERO – AQUI TME CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!