Morador de São Mateus recebe carnê do IPTU e publica indignação contra gestão Daniel: ‘sem médico, ruas escuras, ladeiras sem acessibilidade, sem obra’

320

Um morador de São Mateus publicou nas redes sociais a sua indignação, ao receber o carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) enviado pela Prefeitura de São Mateus. O músico Guil Ramalho, que mora no Bairro Cacique 2, solicitou uma assistência jurídica para ver meios de não pagar o imposto, em face do descaso da gestão do prefeito Daniel Santana com a comunidade da periferia.

“Várias lâmpadas acesas durante o dia, ruas escuras durante a noite, ladeiras sem acessibilidade, sem nenhuma área de lazer, SEM MÉDICO (sic) no postinho do bairro há mais de dois meses, falta de alguns remédios no postinho, sem nenhuma obra em nosso bairro até hoje. Mas o IPTU está chegando normalmente. Já que não temos recebido nada do poder publico, somos obrigados a pagar isso mesmo?”, questionou, depois de relatar a falta de atenção da atual administração municipal.

Pelo Facebook, Guil Ramalho pediu apoio dos amigos internautas para buscar seus direitos: ‘”Alguém aí que entende de leis pode me auxiliar?”. E muita gente fez coro às reclamações de Guil. “O povo não entende e acha que é só festa que movimenta uma cidade”, afirmou Célio Souza Barros.

O post no perfil Guil Ramalho RG é acompanhado de uma foto com dois carnês do IPTU, nos quais a Prefeitura de São Mateus promete: “Você contribui, a cidade recebe mais benefícios”.

INDIGNAÇÃO COM SITUAÇÃO DA CIDADE

Já Paulo Nardotto relatou outros problemas porque passa a cidade, também indignado: “Amigo Guil, a cidade está abandonada. Dinheirão gasto com festas poderia ser investido na saúde e no bem-estar da população. Não é somente no seu bairro que está faltando médicos e medicamentos. É em todos os postos de saúde de São Mateus. A UPA fechou. Gosto até de ir nas festas, mas a saúde do povo em primeiro lugar”.

Lúcio Santos concordou com a opinião e o desabafo de Guil Ramalho: “Verdade Guil! Só Deus para ter misericórdia”. Rosinete Aparecida Sperotto afirmou: “É, amigo! Infelizmente a gente tem que pagar. Eu pago três desses (carnês), dá uns 600 reais… Todo ano.

Gleysi Kelly gostou do post e recomentou: “Põe pra compartilhar, Guil”🙏. “Estamos abandonados, infelizmente”, completou Renata Monteiro. “E tome festa!”, ironizou Odair Silva, complementando: “Infelizmente, meu amigo, o povo não sabe votar; pensa só no hoje”. A afirmação sobre o comportamento do prefeito Daniel Santana feita por Odair foi comentada por Lindomar Souza: “Infelizmente, para muitos, o que importa é que vai ter festa”.

“NÃO REPRESENTA NINGUÉM”

Já Caio Reis Lima questiona o fato de Guil Ramalho ser ‘aliado’ do gestor municipal: “E você defendendo Daniel em vários posts”. O músico morador do Bairro Cacique 2 responde, justificando o post: “(…) defender onde tem que defender, cobrar onde tem que cobrar”.

A tréplica de Caio é contundente e leva à reflexão, na marcação ao autor do post: “Você é artista e sempre defendeu o bairro, torço por você e suas ações. Esse prefeito não representa o interesse de ninguém, nem dos ricos nem das classes menos favorecidas. Me arrependo em ter votado nele. A cidade cada dia mais abandonada!”.

O OUTRO

O portal CENSURA ZERO disponibiliza espaço para que o prefeito Daniel Santana ou assessoria da Prefeitura de São Mateus faça os esclarecimentos que julgar pertinentes sobre o assunto abordado nesta reportagem.

CONFIRA COMENTÁRIOS ORIGINAIS AO POST DE GUIL RAMALHO:

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FOTOS: POST GUIL RAMALHO

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA!