Mulher é suspeita de matar marido e decepar o pênis dele, em Vila Pavão

388

Uma trabalhadora rural, de 48 anos, é suspeita de matar o marido, 49, e decepar o pênis dele, na zona rural de Vila Pavão, no Norte do Estado, no domingo (13/10). De acordo com a polícia, ela teria ido até a Delegacia Regional de São Mateus, na mesma região, e confessado o crime.

A suspeita teria pedido carona de madrugada para vizinhos dizendo que iria para Vitória no velório do irmão da vítima. Depois, teria ligado para o irmão do dono do terreno onde viviam para contar sobre o crime.

Ela teria procurado a delegacia para confessar o ocorrido e teria apontado o local exato onde o corpo estaria enterrado. Ainda segundo a polícia, a perícia encontrou várias perfurações na garganta do homem e o órgão sexual decepado.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

A polícia informou ainda que a trabalhadora rural sofria violência doméstica por parte do marido. Oito ocorrências de violência contra mulher teriam sido registradas por ela.

“A maioria dos crimes que acontecem na cidade são crimes passionais e por conta disso, não temos como prever que vão acontecer. Geralmente, quem os comete são pessoas que vem de outras cidades em busca de uma certa paz que aqui proporciona, mas são essas mesmas pessoas que cometem os delitos aqui. Infelizmente, boa parte dos crimes que ocorrem chocam toda a comunidade”, disse o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar de Vila Pavão, Alciney Helmer. 

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: TRIBUNA ONLINE

COMENTE ESTA NOTÍCIA!