SÃO MATEUS – Pré-candidato do Solidariedade, Ferreira Júnior diz que está preparado para gestão pública e articula ‘união com outros partidos’

783

Pré-candidato a prefeito pelo Solidariedade, o radialista Ferreira Júnior, 42 anos, diz que está preparado para a gestão pública e articula com outros partidos a composição de uma chapa para a disputa eleitoral em São Mateus. Concorrendo pela primeira vez a um cargo eletivo, ele tem o apoio do ex-deputado federal Dr. Jorge Silva, que é o presidente estadual da legenda.

“Para mim foi uma baita surpresa a aceitação que a gente vem tendo por onde a gente vem fazendo encontros, passando para levar a nossa mensagem. As nossas articulações partem para a união. A gente quer que os partidos se unam em torno de um nome, porque todo mundo fala em mudança, tem o mesmo pensamento, o mesmo objetivo, mas aí a pergunta que eu sempre faço nas reuniões: até que ponto o pensamento de mudança de todo mundo vai persistir nessa caminhada?”, salienta Ferreira.

Em entrevista ao CENSURA ZERO, o radialista disse que o objetivo do Solidariedade é fazer o melhor para a São Mateus. Ele destaca que sua pré-candidatura “tem a participação da Executiva Municipal, da Executiva Estadual e da Executiva Nacional”. Nesse aspecto, lembra a participação no curso Política & Ação, com atividades em São Paulo e em Brasília.

Ferreira Júnior destaca que o Solidariedade tem se reunido com representantes de Podemos, Pros, Progressistas, PCdoB e Republicanos e conversa também com outros partidos: “Todos eles têm pré-candidato a prefeito, com exceção do Republicanos. A gente tem conversa muito próxima com o Patriota, tem buscado aproximação com o PSB, o Democratas, o PL. E aí, quando a gente fala no Democratas, inclui-se também o o PTC e o PSC. A gente está conversando com todo mundo”.

O pré-candidato rechaçou especulações que circularam nas redes sociais, com citação do nome dele em chapas com o ex-prefeito Amadeu Boroto (PP) e também com Dr. Mauro Peruchi (Rede) e Carlinhos Lyrio (Podemos). “A gente reafirma: todos os nomes que forem colocados, a gente vai para a conversa. Mas, até agora, não conversamos sobre quem seria o cabeça de chapa ou quem seria o vice”, frisa.

PROJETOS

Ferreira adianta que traz para o debate eleitoral deste ano a ideia de fazer um projeto administrativo a longo prazo para Guriri e, para São Mateus, “de ponta a ponta”, outro projeto que é intitulado Sama 500: “O que se pensa para São Mateus quando a nossa cidade chegar aos 500 anos? A gente quer pensar o dia a dia para o mateense, para quem escolher São Mateus para viver, a longo prazo, em todas as áreas. Vamos buscar a participação população pensando em todas as áreas”.

Apresentador há cerca de 15 anos do programa Ronda da Cidade, da Musical FM, Ferreira Júnior afirma que está preparado para a gestão pública em São Mateus. “Me sinto preparado, não só por ser mateense, não só por conhecer a cidade, mas porque durante o PolíticAção, em São Paulo e em Brasília, a gente fez um intercâmbio em termos administrativos com várias outras cidades do Brasil. Estivemos lá com políticos de todas as regiões brasileiras. E por que não usar coisas boas dessas cidades que podem ser encaixadas aqui?”.

EDERCIVAL

O presidente Edercival Mesquita afirma que o Solidariedade terá chapa completa de vereadores nas Eleições 2020. Ele confirmou a convenção do partido para o dia 13 de setembro: “O grupo está unido, está bom. Temos números que nos mostram que sairemos aprovados das urnas com, pelo menos, um candidato eleito, e poderemos chegar ao segundo”. Se tivermos a grata surpresa de Ferreira Júnior ser o nosso candidato a prefeito, aí sim o cenário pode ser bem melhor”.

Com relação à disputa a prefeito, Edercival afirma que o partido defende a mudança em São Mateus: “Esse rumo que está não é o rumo que o SD buscaria para os próximos quatro anos. Por isso, estamos trazendo o novo”.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!