Servidor do Detran-ES e ex-funcionário presos por fraude milionária

465
MPES/DIVULGAÇÃO - A operação foi realizada pelo Ministério Público com conjunto Polícia Rodoviária Federal e Gaeco.

Foram presos nesta segunda-feira (12/08), mais um servidor do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) e um ex-funcionário do órgão por suspeita de integrarem um esquema milionário de fraude. Segundo o Tribuna Online, os presos se chamam Itamar Ayub e Fabrício Alves Sales.

As prisões acontecem em mais uma etapa da ‘Operação Replicante’, do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Central), em conjunto com o Núcleo de Inteligência da Polícia Rodoviária Federal (PRF-ES), com apoio da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (Assessoria Militar ao MPES – Núcleo de Inteligência).

A fraude  é estimada em mais de R$ 100 milhões. (Foto: Divulgação/MPES)
MPES/DIVULGAÇÃO – A fraude é estimada em mais de R$ 100 milhões.

Itamar é servidor do Detran-ES enquanto que Fabrício é ex-funcionário do órgão e atuava no esquema como um intermediário. Eles foram presos por conta de mandado de prisão temporária expedidos pela 3ª Vara Criminal de Vila Velha. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão, em Marataízes e Itapemirim.

A operação foi deflagrada no último dia 1º e resultou na prisão de 10 pessoas já naquela data. Entre os presos estão despachantes e servidores do Detran-ES, que fraudava registros de veículos no Espírito Santo, mediante inserção de dados e documentos falsos no sistema do Detran-ES. Estão sob investigação 895 registros de veículos, uma fraude estimada em mais de R$ 100 milhões.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | FONTE: TRIBUNA ONLINE

COMENTE ESTA NOTÍCIA!