Azedou! Flamengo joga mal, perde para o Emelec e se complica na Libertadores

620
VEJA.COM - Com a derrota desta quarta-feira (24/07) para o Emelec, o Flamengo precisa vencer por 3 a 0 para avançar para próxima fase da Libertadores.

Em noite de azar para os rubro-negros, o time jogou mal e perdeu por 2 a 0 para o Emelec, nesta quarta-feira (24/07). Com a derrota, o Flamengo precisa vencer por 3 a 0 para avançar para próxima fase da Libertadores. Os gols foram marcados por Godoy e Caicedo.

O Flamengo chegou com uma formação cheia de novidade. Com Rafinha na ponta direita e Gerson como volante, Jorge Jesus foi ousado na partida contra o Emelec. Com um bom retrospecto contra os donos da casa, o rubro-negro viu a estatística ir por água abaixo.

Sem Everton Ribeiro, que não viajou para tratar da lesão óssea no pé esquerdo, e Arrascaeta que também sofreu uma lesão na parte posterior da coxa direita, o Flamengo apesar de dominar as estatísticas do jogo, fez um primeiro tempo ruim.

PRIMEIRO TEMPO

O rubro-negro começou o primeiro tempo desligado. Logo aos 10 minutos de bola rolando, a defesa dormiu e Bryan Cabezas abriu em profundidade na lateral esquerda para Fernando Guerrero, o meio campo cruzou para área e achou o volante Wilmer Godoy que finalizou de primeira, no lado direito de Diego Alves. O chute foi forte, porém Diego estava mal posicionado e não conseguiu chegar na bola.

Após abrir o placar, o time da casa deu mais espaços para o Flamengo, que aproveitou para ficar mais com a bola. A única chance clara de gol do rubro-negro foi com Gabigol, aos 29 minutos.

Em jogada individual, o atacante passou por dois marcadores e chutou com a perna esquerda, mas Dreer fez uma boa defesa e jogou para escanteio. Essa foi a única finalização que teve a direção do gol de Esteban Dreer. Mesmo com 70% de posse de bola, o time carioca terminou o primeiro tempo com poucas chances criadas.

SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, o Flamengo voltou sem mudanças, e logo aos 7 minutos, o Emelec perdeu o zagueiro Leandro Vega por entrada violenta em Rafinha, que puxava um ataque perigoso pela direita. Com um jogador a mais, o técnico Jorge Jesus foi ousado e fez sua primeira alteração na partida. O português tirou o lateral Rodinei e colocou o atacante Lincoln para tentar o empate.

O garoto do Ninho teve sua primeira oportunidade aos 14 minutos, porém ao finalizar, Lincoln isolou a bola. Quando tudo estava começando a dar certo para o Flamengo, Diego sofreu uma entrava grave no tornozelo e saiu de campo. Como Jorge Jesus já havia feito as 3 substituições, o Flamengo ficou com 10 jogadores em campo.

Para piorar a situação, Romario Caicedo fez o segundo gol do Emelec aos 33 minutos. O lateral chuta para o gol, mas a bola desvia em Renê, bate na trave e vai para o fundo do gol de Diego Alves. Aos 39, Renê ainda conseguiu colocar uma bola na trave, porém o jogo terminou em 2 a 0 para os equatorianos.

VOLTA

O jogo da volta está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. Porém, já no próximo domingo, o Flamengo tem o clássico contra o Botafogo, às 16h, também no Maraca.

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

PARCERIA: RÁDIO TUPI FM

COMENTE ESTA NOTÍCIA!