Com ameaças de morte, grávida é agredida com socos e chutes pelo marido

392

Uma grávida de 22 anos foi ameaçada e agredida com socos e chutes pelo atual companheiro de 28 anos nesta quarta-feira (25/12), no Bairro Santo Antônio, na Serra, Grande Vitória.

Em depoimento, a mulher contou aos policiais que há alguns meses o casal estaria passando por problemas dentro de casa, por conta de uma traição cometida por ela. E que, logo depois de descobrirem a gravidez, o marido teria começado a desconfiar de que o filho não seria dele e os conflitos ficaram ainda mais graves.

Apesar das discussões, a vítima disse que convive com o marido há oito anos e que ele nunca havia a agredido. No entanto, na noite de Natal, o suspeito ingeriu bebida alcoólica e começou a ficar agressivo.

AMEAÇADA DE MORTE

De acordo com a vítima, ela teve o pescoço esganado e levou vários chutes e socos. Não satisfeito, o marido teria pego uma arma antiga e feito ameaças de morte.

O suspeito, que não teve a identidade repassada pela polícia, conversou com os policiais e negou qualquer tipo de agressão. Ele afirmou que eles vinham se desentendo há alguns dias por conta da traição e que na noite da confusão, a mulher é quem o teria ameaçado. Mesmo assim, o homem foi detido e continua preso. 

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA | COM INFORMAÇÕES DA TV VITÓRIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!