MATAGAL EM SÃO MATEUS – Empresa de São Gabriel desbanca Multiface e vence licitação para capina e roçagem; contrato é de R$ 8,565 milhões

788

A empresa São Gabriel Ambiental e Terraplenagem Ltda-EPP, de São Gabriel da Palha-ES, foi a vencedora da licitação realizada pela Prefeitura de São Mateus para os serviços de capina manual, raspagem, roçagem, caiação, rastelamento e retirada de resíduos sólidos de praias, córregos e rios. O resultado final homologado do Pregão Eletrônico nº 006/2022, no valor de R$ 8.565.038,98, foi publicado quarta-feira (11/05), no Diário Oficial do Espírito Santo.

A São Gabriel Ambiental e Terraplenagem ofereceu o menor preço e desbancou a Multiface Serviços e Produções Ltda-ME, de Linhares-ES, que ficou em segundo lugar na disputa, tendo oferecido o valor de R$ 9,4 milhões; seguido da Cabrália Construtora Ltda, de Eunápolis-BA, que teve proposta de R$ 9,9 milhões.

A Multiface era a empresa que fazia esse serviço anteriormente, mas teve o contrato suspenso em outubro de 2021 por ordem judicial, depois que a Polícia Federal comprovou sua participação no esquema de fraudes em licitações da organização criminosa que seria comandada pelo prefeito Daniel Santana, o Daniel da Açaí. Ele e o dono da Multiface, Caio Faria Donatelli, estão entre os 17 indiciados em inquérito da PF que deu base a denúncias do Ministério Público Federal que tramitam na Justiça.

Vale destacar que a empresa Guerra Ambiental Eireli, de Marataízes-ES, apresentou proposta no valor de R$ 8,560 milhões, menor do que a São Gabriel Ambiental e Terraplenagem Ltda. Mas, segundo a ata do pregão eletrônico, foi desclassificada por não apresentar atestado técnico registrado no Conselho Regional de Administração (CRA) e Certidão de Registro de Comprovação de Aptidão (RCA), conforme exigência do edital. No total, dez empresas participaram do pregão eletrônico.

Desde que o prefeito Daniel da Açaí retornou à Prefeitura, no final de 2021, São Mateus transformou-se na “Cidade do Matagal”: o mato tomou conta das vias públicas, praças e outros logradouros.

CIDADE MATAGAL

O resultado da licitação para capina manual, raspagem e roçagem era bastante aguardado pelos mateenses, que viram São Mateus se transformar na “Cidade do Matagal” desde que o prefeito Daniel da Açaí reassumiu a Prefeitura, no final de dezembro de 2021. O certame estava emperrado desde 15 de março e teve desfecho esta semana.

Na Sede e na zona rural, a reclamação é geral dos moradores quanto à grande quantidade de entulhos e lixo acumulado, além do mato alto nas vias públicas, dando um aspecto de abandono à Cidade de São Mateus e evidenciando o desleixo da gestão pública municipal.

Estranhamente, nem o prefeito Daniel da Açaí nem a Secretaria Municipal de Comunicação divulgou publicamente o resultado da licitação. O contrato entre a São Gabriel Ambiental e a Prefeitura de São Mateus deve ser assinado nos próximos dias.

O OUTRO LADO

O CENSURA ZERO publicou esta reportagem às 4h37, não sendo possível ouvir o prefeito Daniel da Açaí sobre o assunto.

O espaço está aberto para possíveis manifestações. Havendo retorno, o texto será atualizado.

VEJA TAMBÉM:

VÍDEO – O adeus a Maick Santos, o Mineirinho: matagal em cemitério mostra descaso da Prefeitura com os pobres em São Mateus

TOM POLÍTICO – Daniel apresentará ‘Cidade Matagal’ a Casagrande nesta quinta (14/04): incompetência do Prefeito na tabelinha com Vereadores

-MICARETA PRÉ-ELEITORAL – Com matagal e lixo, São Mateus reprova Daniel por folia do descaso em Guriri; veja a revolta da Comunidade

-MATAGAL EM SÃO MATEUS – Simião cobra limpeza, mas dupla Kacio e Balanga liga discurso ‘embromeixan’ sobre licitação de R$ 17 milhões; veja vídeo

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!