“…Mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados, em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus” 1 Coríntios 6.11

A pessoa que aceitou a Jesus é, através do novo nascimento, pura e justa diante do Senhor. Mas o mesmo Paulo que escreveu as palavras acima também diz: “Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum”. 

Isso não é uma contradição? Não! Paulo enfatiza em 2 Coríntios 4.7: “…para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós.” Como filhos de Deus, vivemos constantemente neste campo de tensão.

Por um lado, somos confrontados diariamente com o fato de que em nós não há bem nenhum. Por outro lado, está à nossa disposição o superabundante poder de Deus. Mas como este poder de Deus se torna ativo em nossa vida? Por meio da obediência pela fé.

Quanto mais somos tentados e na tentação confirmamos a vitória do Senhor em nossas vidas por fé e obediência, mais o Senhor é louvado e glorificado. Caso contrário, como poderíamos experimentar a realidade da vitória de Jesus se a presença do pecado estivesse afastada de nós?

Mas, apesar da carne pecaminosa, jubilamos diante do inimigo: “Graças a Deus que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo.” Este é o verdadeiro combate da fé – quem dele participa um dia será coroado!

Publicado originalmente no site chamada.com.br (da revista Chamada da Meia-Noite).

COMENTE ESTA NOTÍCIA!