CRIME ELEITORAL – Carlinhos e Freitas denunciam fake news à Polícia Civil, ao MP e ao Judiciário, pedindo ‘austeridade’ na investigação

529

O candidato a prefeito de São Mateus Carlinhos Lyrio (Podemos) e o ex-deputado Freitas, presidente municipal do PSB, confirmaram ao CENSURA ZERO a formalização de denúncia à Polícia Civil, ao Ministério Público e ao Judiciário, com pedido de “austeridade” na investigação de fake news eleitoral publicada em páginas de apoiadores do atual prefeito Daniel Santana, que é candidato à reeleição.

Usando montagem de fotos com Carlinhos, Freitas e o governador Renato Casagrande em capa falsificada de uma edição antiga do jornal Tribuna do Cricaré, as páginas Boca no Trombone (administrada por Dilton Pinha) e A VOZ DO POVO, que são apoiadoras do prefeito Daniel Santana, publicaram texto em ataque aos adversários políticos no domingo (20/09). A fake news foi compartilhada no Facebook e em diversos grupos de WhatsApp.

Após reportagem do CENSURA ZERO, a Tribuna do Cricaré publicou Nota de Repúdio à “atitude criminosa”, cobrando as “devidas investigações” dos “órgãos responsáveis pela segurança e pela normalidade das eleições”.

Contatado pelo CENSURA ZERO, Carlinhos Lyrio, que compõe chapa majoritária com Cássio Caldeira (Progressistas) nas eleições em São Mateus disse que já adota providências: “Nós já estamos acionando a Justiça. E vamos questionar o Ministério Público e a Justiça Eleitoral para que ajam com rigor no processo eleitoral deste ano. Nós somos radicalmente contra fake news. Estamos atentos para denunciar e conclamamos toda a população a denunciar essas atrocidades que estão acontecendo, essa prática de crimes nas redes sociais”.

Carlinhos foi taxativo em relação às ocorrências constantes em São Mateus, sem punição. “Até porque a população já sabe de quem partem as fake news espalhadas na Cidade”, acrescentou.

“GENTE PROMÍSCUA, SEM PRINCÍPOS”

O ex-deputado Freitas confirmou que acionou a Polícia Civil, o Ministério Público e o Judiciário contra o crime eleitoral, reforçando que a prática recorrente de produção e distribuição de fake news pela rede de páginas Boca no Trombone e agregadas precisa ser punida: “Mais uma vez, eu estou promovendo ao Ministério Público denúncia de crime de fake news, de crime eleitoral. Espero que tenha austeridade na receptividade da denúncia, na apuração e no julgamento”.

O presidente municipal do PSB, que tem Dr. Ronaldo Thomazini como candidato a vice-prefeito na chapa com o candidato a prefeito Ferreira Júnior (Solidariedade), disse que o ato criminoso parte de “pessoas que não têm princípios, gente promíscua, que utiliza desse tipo de situação para ‘se dar bem’ numa eleição”. No entendimento dele, fica claro que quem utiliza desses meios não está afim de ser correto na vida.

“A gente sabe que essas pessoas, antes de entrar na vida pública, já usam desses meios. Eu costumo dizer: não é a política que faz um ladrão, mas é o eleitor que vota num ladrão e põe um ladrão na política. E aí só muda de ladrão para perverso, para sórdido; esse modelo que está na gestão do nosso Município. E acrescento: é claro que a gestão não está enganando as pessoas. Isso é que dói mais, porque isso que está aí já fazia antes de estar”, afirmou.

Freitas reiterou que é preciso haver “austeridade da Polícia Civil, do Ministério Público e do Judiciário”. E justificou a cobrança: “Eu tenho ainda uma grande número de denúncias desse sujeito, dessa mesma página lá no Judiciário, passível de sentença; e muitos outros cidadãos têm. É preciso que a gente cumpra o dever nosso, que é denunciar”.

A Reportagem fez contato com o governador Renato Casagrande, por meio da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado, e aguarda retorno.

O OUTRO LADO

O CENSURA ZERO contato com os administradores das páginas Boca no Trombone São Mateus e A VOZ DO POVO, que comprovadamente publicaram simultaneamente a fake news eleitoral.

A Reportagem ligou para o telefone celular disponibilizado na fanpage A VOZ DO POVO (27 99839-5449), mas o responsável não atendeu. Também não respondeu à mensagem deixada no WhatsApp.

A reportagem conseguiu contato com Dilton Pinha, da página Boca no Trombone São Mateus. O autointitulado blogueiro que assessora o prefeito Daniel Santana respondeu com a costumeira arrogância e prepotência reforçadas com a (até aqui) impunidade: “Vou te processar para vc provar que foi publicada alguma coisa em minha página. Inclusive o Boletim já foi feito”.

VEJA TAMBÉM:

FAKE NEWS ELEITORAL – TC repudia ‘falsificação grosseira’ de capa por apoiadores de Daniel e cobra ‘devidas investigações’

CRIME ELEITORAL – Rede de páginas que assessora prefeito Daniel também publicou fake news contra Casagrande, Carlinhos e Freitas

FAKE NEWS – Apoiadores de Daniel ‘inauguram’ ataques a adversários nas Eleições 2020 em São Mateus, usando capa adulterada da TC

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!