SAÚDE FLORESCER – Como a Psicanálise pode ajudar

148

POR DÔRA NEVES*

Na Psicanálise vamos encontrar uma saída para as contradições humanas e da natureza da liberdade. 

Teoricamente o homem é dono do próprio destino, ele tem livre arbítrio e o poder mental para usá-la, mas a prática não condiz com a realidade. 

Os resultados analíticos vêm mostrar que o comportamento dicotomizado (corte em duas partes: em termos analítico é a mente confusa, dividida) é o único fator apresentado como origem e nutriente das neuroses. 

O homem vai encontrar o reequilíbrio de forças no reencontro da unidade, e no conhecimento de si mesmo, na responsabilidade pela própria vida e pela vida da humanidade. Uma avaliação e um empreendimento – duas decisões pessoais, para torná-lo autossuficiente. 

A maior invenção de Freud, foi situar o ser humano em uma condição em que ele próprio, pode investigar o significado e as realidades experienciais de sua vida por meio de uma relação com outra pessoa e ao mesmo tempo se ninguém interferir ou manipulá-lo de qualquer forma que não seja verdadeira, em torno do seu próprio ser e dos seus valores. 

Freud revolucionou a teoria do conhecimento, fazendo com que a experiência humana se tornasse objeto de análise, e com isso complementasse seu próprio significado de viver, tanto a aprendizagem experiencial quanto a aprendizagem intelectual. 

Em análise, a cura significa, alívio das tensões e sofrimento dos conflito e a descoberta pelo individuo de suas próprias capacidades latentes que a distorção do ego, proveniente de crises do desenvolvimento (educação, religião e cultura) mutilaram e o aprisionaram. 

Com o adoecimento do ego, o ser humano perde a motivação para viver e se debate entre vida e morte, ser e não ser, amor e ódio. Seguindo os impulsos do ego, que se sustenta nos desejos inconscientes, lutando por meio de satisfação que alivie a sua dor. 

Os impulso inconscientes contribuem para diferença de caráter dos homens, que moldam a personalidade na aquisição de poder, amor ou ódio, anseio de submissão, fruição do prazer sensual e o medo deste, componentes de natureza social e cultural. 

A compreensão da natureza humana, cria um sistema de significados que tragam respostas e soluções às suas indagações e envolve pensamentos, sentimentos e emoções. 

O homem é um ser social, racional e produtivo com aptidão para usar seus poderes e compreender as potencialidades que lhe são inerente (mentais, emocionais, sensoriais), englobando eventos e pessoas, a si próprio, as reações em todos os domínios da experiência. 

Para alcançar a liberdade almejada, é imprescindível adentrar ao processo psicanalítico e entender os comandos internos que afetam a sua realidade. 

LIBERDADE e PRODUTIVIDADE são essenciais à realização pessoal. São fundamentais na obtenção do prazer, incluindo o prazer sexual, baseado na utilização de uma energia excedente atendendo às necessidades corporais, gerando satisfação e manutenção da vida produtiva. 

DOR e PRAZER, se entrelaçam para impulsionar a evolução e o desenvolvimento humano. 

No confronto da realidade almejada e a situação real surge o CONFLITO, estado de ameaça e desconforto de não ter o domínio de SI, podendo ocorrer desvantagens de isolamento, negação, irritação e impotência, carecendo de nova motivação ou estímulos para seguir em frente. 

 Aqui se revela o poder da liberdade e caráter da auto responsabilidade. 

Seja otimista. Busque a REALIZAÇÃO PESSOAL! 

*Dôra Neves é formada em Psicanálise Clínica, licenciada em Pedagogia (Supervisão e Orientação) e Terapia Holística.

Contato: Celular – (27) 98134-3908

Site – www.saudeflorescer.com.br/site/atendimento-online

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!