EDITORIAL – Prefeito de São Mateus insiste na produção e distribuição de fake news institucionalizadas por meio de criminosos da internet; Polícia, Sesp, PGE, Ministério Público e Judiciário precisam agir!

2000

A situação é muito grave e as Autoridades Constituídas precisam adotar medidas urgentes para conter a ação de uma organização criminosa que atua em São Mateus acobertada pelo Chefe do Executivo Municipal. O CENSURA ZERO tem denunciado a participação do prefeito Daniel Santana, o Daniel da Açaí, na produção e na distribuição de fake news (notícias falsas) com ataques diretos a políticos, empresários, jornalistas e cidadãos de bem, por meio de malfeitores da internet e das redes sociais, que agem com a prática de crimes de calúnia, difamação, injúria, racismo e intolerância religiosa, além de perseguição político-social e discriminação de gênero.

Com 475 anos de colonização, o Município de São Mateus passa pelo pior momento político-administrativo e social de sua história. O povo sofre com a falta de emprego, empresas estão fechando, os produtores rurais estão abandonados, os serviços básicos de saúde, educação e assistência social são de péssima qualidade, gerando problemas sociais graves à população. Faltam remédios de uso contínuo na Farmácia Básica Municipal e médicos nas unidades de saúde; falta merenda nas escolas; o pagamento do transporte escolar está atrasado há vários meses; escolas rurais sobrevivem graças ao esforço de diretores e empenho dos professores…

O que falar da infraestrutura sofrível: a maioria das ruas e avenidas está esburacada e as poucas obras ordenadas estão paradas. Um símbolo desse descaso é a obra abandonada do Bairro Porto, no acesso ao Sítio Histórico Porto de São Mateus. A Prefeitura de São Mateus culpava o Governo Federal e foi preciso o CENSURA ZERO comprovar, em reportagem especial, que o prefeito Daniel da Açaí abriu licitação e assinou contrato com a empreiteira com recursos sub judice e ordenou as obras depois de o empenho dos recursos ser cancelado pela Caixa Econômica Federal.

A grande quantidade de moradores de rua, agrupados em diversos pontos na Cidade, principalmente no Centro, são uma prova da ausência de políticas públicas sociais na atual administração. Foi preciso ocorrer o assassinato de uma estudante de 15 anos, em pleno Centro da Cidade acompanhado de forte revolta popular, para que o prefeito Daniel da Açaí, finalmente, reconhecesse que a Prefeitura de São Mateus precisa dar sua contribuição à estrutura de segurança no Município. E a negligência administrativa ocorre, praticamente, em todas as áreas.

A gestão de Daniel Santana é instável e problemática, caracterizada pela incompetência administrativo-operacional e inversão de prioridades. Recursos para investimentos previstos no Orçamento Municipal, de 2017 até 2019, foram remanejados para festas, por decisão pessoal do prefeito. Não há perspectivas de desenvolvimento ou sequer melhoria do quadro caótico atual.

Para se ter uma ideia, atualmente, a Prefeitura de São Mateus não tem secretários titulares em pastas fundamentais para o bom andamento da máquina pública, como Administração e Recursos Humanos; Desenvolvimento, Planejamento e Captação de Recursos (causando entraves à implantação do porto da Petrocity e dificultando a instalação de novos empreendimentos na Cidade); Defesa Social (que atua na segurança pública, de forma preventiva e auxiliar às polícias, sendo responsável pelo sistema de videomonitoramento e Guarda Cidadã, serviços desativados) e Cultura (o abandono do Sítio Histórico Porto de São Mateus e das obras de acesso ao símbolo turístico-cultural da Cidade já dizem tudo).

Comprovadamente, o prefeito Daniel da Açaí não tem capacidade de articulação político-comunitária. O diálogo dele com representantes de outras instituições públicas e privadas ocorre por meio condenável. Adota o triste método de fazer o que chama de Comunicação Social com a produção e a distribuição de fake news de forma institucionalizada. Isso mesmo! Não há exagero nesta afirmação: a estrutura da Secretaria Municipal de Comunicação Social é utilizada atualmente para dar suporte a uma organização criminosa que age na internet (com site), nas redes sociais (rede de páginas de Facebook) e inúmeros grupos de WhatsApp, compartilhando material positivo do prefeito Daniel da Açaí e da administração municipal, e denegrindo e achincalhando políticos, autoridades, empresários, lideranças e cidadãos de bem de São Mateus e região, que, no critério deles, divergem ou não compactuam com os desmandos do atual Chefe do Executivo.

A despeito de tudo isso (que vem sendo denunciado com coragem e verdade pelo CENSURA ZERO), observamos os braços cruzados da Polícia Civil (que não tem dado o devido encaminhamento aos boletins de ocorrência que são registrados contra malfeitores da internet), o Ministério Público do Estado do Espírito Santo-MPES (que acumula farta documentação com denúncias protocolada por Vereadores e Cidadãos, até agora, sem encaminhamentos), o Poder Judiciário do Estado do Espírito Santo (especialmente quanto aos inúmeros processos dos malfeitores da internet que, comprovadamente, assessoram o Prefeito Daniel da Açaí e a Prefeitura Municipal de São Mateus).

É sabido que uma das autoridades xingadas e achincalhadas com fake news em texto e em vídeo pelos criminosos a serviço do prefeito Daniel da Açaí é o Governador Renato Casagrande; mais de uma vez, inclusive no episódio do socorro às vítimas de Iconha (Sul do Estado). E a Sociedade Capixaba não vê providências por parte da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Por quê? Se deixam fazer com o Governo do Estado do Espírito Santo, o que pode esperar o cidadão comum, diariamente aviltado em seus direitos por essa organização criminosa?

Como Veículo de Comunicação devidamente constituído, o CENSURA ZERO reitera que a situação da produção e da distribuição de fake news institucionalizada em São Mateus está passando dos limites toleráveis! Somos atacados covardemente todos os dias por causa do Jornalismo Profissional sério e honesto que praticamos!

Quando nos apresentaram ofertas financeiras, dissemos ‘NÃO’, denunciamos e colocamos ainda mais força para seguir em frente! Jamais nos acovardaremos diante da situação que aflige a Comunidade Mateense e Regional!

Mas as Autoridades Constituídas do Estado do Espírito Santo precisam agir! E estão sendo convocadas a cumprirem suas funções!

VEJA TAMBÉM:

URGENTE! – Comunicado importante aos Internautas e às Autoridades Constituídas do Espírito Santo

Diltão de Daniel pega 3ª condenação por crimes cometidos com uso da rede de páginas de fake news que assessora Prefeito de São Mateus

DETENÇÃO E MULTA – Juíza condena Diltão de Daniel por mais 3 crimes em outro processo; veja os detalhes!

MUTIRÃO EM ICONHA – Assessor do prefeito Daniel usa página de fake news para denegrir governador Casagrande: ‘fazendo marketing com miséria do povo’

Advogado que defende Diltão de Daniel em processos por crimes de calúnia, difamação, injúria e racismo é contratado do Gabinete do Prefeito de São Mateus

VÍDEO – Criticado por má gestão, Daniel extravasa no Carnaval milionário de Guriri e assessores exaltam: ‘Prefeito da massa’

PREFEITO DANIEL E OBRAS DO BAIRRO PORTO – 1 ano de incompetência, falta de sensibilidade ao clamor dos moradores, mentiras e calúnia à Caixa e ao Governo Federal

MALFEITOR SEM LIMITES: Usando imagem da Padroeira no perfil, blogueiro ligado a Daniel espalha fake news sobre Igreja Universal

Após reportagem do CENSURA ZERO, perfil criminoso favorável a Daniel é desativado e blogueiro se manifesta em vídeo

VÍDEOS – Transporte escolar desafia lameiro das estradas precárias em comunidades dos distritos de Nestor Gomes e Nova Verona

FOI ORDEM DE DANIEL? – Motorista que denunciou caos nas estradas rurais é afastado e pode ser demitido; empresa teria sido coagida pela Prefeitura de São Mateus

Neia Boroto Merlin rebate mentiras divulgadas por malfeitores da internet: ‘Sou íntegra, correta, incorruptível’

A produtores rurais de Nova Verona, Amaro admite ‘falta de competência’ da gestão Daniel no atendimento rural: ‘Não posso omitir a verdade’

O ADEUS A KAREN – Multidão se despede da adolescente de 15 anos morta de forma covarde em São Mateus

ASSASSINATO DE KAREN – Em carta aos Mateenses, S.O.S. Mulheres cobra segurança e assistência social: ‘Vamos dar um basta’

ASSASSINATO DE KAREN – Na Ales, Freitas cobra do Prefeito a Guarda Cidadã e o GGIM em São Mateus: ‘O crime toma conta da Cidade’

CASO KAREN – Carlos Alberto cobra atuação social da gestão Daniel: ‘Dinheiro pra gastar com festa tem. Cadê a Guarda Municipal, cadê o videomonitoramento?’

Casarões do Porto Histórico viram ‘banheiros públicos’ e locais de uso de drogas; turistas lamentam abandono e negligência das autoridades

Mães pressionam e Daniel volta atrás em decisão que ofereceria risco a crianças do Ceim do Porto

A verdade sobre o projeto do Finisa em São Mateus-ES: incompetência do prefeito Daniel da Açaí barra recursos federais para calçamento

CENSURA ZERO – AQUI TEM CONTEÚDO! | REDAÇÃO MULTIMÍDIA

COMENTE ESTA NOTÍCIA!